Galeria de fotos

Não perca!!

Internacional

Melissa Gentz, 22 anos (Foto: Reprodução)
Melissa Gentz, 22 anos (Foto: Reprodução)

Um brasileiro foi preso na Flórida, nos EUA, suspeito de agredir a namorada, que também é brasileira. Erick Bretz, de Belo Horizonte, está detido desde o domingo (23), quando ocorreu o ataque a Melissa Gentz, 22 anos. Os dois moram em Tampa.

Melissa relatou ao G1 que estava na casa de Erick vendo um filme no domingo quando o namorado começou a beber. Ele também toma remédios controlados para dormir e misturou a medicação com o álcool. “Depois de um tempo ele começou a ficar agressivo. Pedia sem parar o meu celular. Ele ficou elétrico. Eu queria dormir porque no outro dia eu tinha aula. Eu queria ir embora e ele não deixava”, conta a jovem.

Segundo relato da jovem, Erick a empurrou repetidamente, prendeu a cabeça dela nas pernas e virou um vidro de soro fisiológico em seu rosto. Ela também recebeu chutes no rosto e teve a cara arrastada no chão, sendo puxadas pelos cabelos. Depois de um tempo, Melissa conseguiu se soltar do agressor e correu para o banheiro, mas Erick arrombou a porta. Ela conta que deu o celular para ele e correu para a portaria do prédio.

O porteiro do prédio foi quem chamou socorro médico e a polícia. No mesmo dia, depois de receber atendimento, Melissa voltou com dois policiais para pegar suas coisas na casa do namorado, que estava dormindo, mas foi despertado e recebeu voz de prisão.

A fiança de Erick foi estabelecida em 60 mil dólares, cerca de R$ 240 mil. Pagando o valor, ele será solto, mas tem que deixar o passaporte com as autoridades e responderá criminalmente pela agressão nos EUA.

Viagem

Melissa viajou em 2015 para a Flórida, onde estuda biologia. Ela já iria se formar em dezembro, mas agora pretende trancar o curso por conta dos abalos físico e mentais que sofreu com a agressão. Os pais e a irmã da jovem viajaram para os EUA para prestar apoio enquanto ela lida com o caso.

“O homem que te bate uma vez não vai mudar mais”, acredita Melissa. Ela namorada com Erick há três meses. Campeão de motocross, o brasileiro foi para os EUA para estudar administração.

Melissa diz que ele é controlador e ciumento e fiscalizava seu celular. Nesta terça, ela republicou no Instagram uma foto usando uma camisa de alcinha. “Estou repostando essa foto porque meu ex namorado deletou ela sem eu ver. Ele disse que mulher com namorado não podia ter foto “mostrando os seios” no instagram. Eu peço que TODAS as mulheres possam ter força e coragem para terminar relacionamentos abusivos como o meu último. Começou com reclamações das minhas fotos no Instagram, depois dos comentários nas fotos, mensagens que eu recebia no WhatsApp... até que ele me pegou pelo cabelo e disse que eu precisava aceitar minha realidade porque eu era a mulher da relação. Um homem que te trata assim não te respeita e não te vê nem como ser humano. Ele não vai mudar. Se coloque em primeiro lugar sempre antes que seja tarde demais”, escreveu.

Melissa conta que recebeu chutes no rosto e teve a cara arrastada no chão, sendo puxadas pelos cabelos (Foto: Reprodução)
Melissa conta que recebeu chutes no rosto e teve a cara arrastada no chão, sendo puxadas pelos cabelos (Foto: Reprodução)

Erick está preso nos EUA (Foto: Reprodução)
Erick está preso nos EUA (Foto: Reprodução)

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Enquete

Nesse 2º turno, qual seu candidato para presidente?
 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br