Galeria de fotos

Não perca!!

Internacional

A Síria fez um apelo ao Conselho de Segurança nesta quinta-feira para impedir que outros países, como a Turquia, usem a força contra Damasco, agindo fora do direito internacional.

"A Síria pede ao Conselho de Segurança da ONU para impedir que outros países usem a força, em violação do direito internacional, recorrerem à lei para justificar seus atos de agressão e interpretá-lo de acordo com seus critérios, que contradizem a base da Carta" da ONU, diz o comunicado, citado pela agência SANA.

A diplomacia síria enviou duas cartas, uma ao Conselho de Segurança da ONU e outra ao secretário-geral da ONU, nas quais denuncia que a Turquia continua divulgando falsas informações "nas quais ninguém acredita mais, tentando justificar sua agressão militar" na Síria.

A Turquia lançou a operação Ramo de Oliveira em 20 de janeiro, em meio às crescentes tensões entre Ancara e Washington. Os EUA iniciaram recentemente a formação de uma força de segurança na fronteira síria, a ser constituída inclusive por combatentes das Forças Democráticas da Síria (FDS), apoiadas pelos militantes das Unidades de Proteção Popular (YPG).

 

 

Enquete

Nesse 2º turno, qual seu candidato para presidente?
 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br