Galeria de fotos

Não perca!!

Internacional

A Coreia do Norte rapidamente terá capacidade de atacar os Estados Unidos com uma arma nuclear, embora até o momento não tenha provado que seus mísseis balísticos possam chegar ao território americano, advertiram nesta terça-feira (30) autoridades militares e de Inteligência.

Pyongyang demonstrou que seus foguetes têm a potência suficiente para chegar até os Estados Unidos, mas o general Paul Selva, vice-presidente do Estado-Maior Conjunto, disse que ainda não provou que suas tecnologias de fusionar e dirigir podem sobreviver às tensões de voo de mísseis balísticos.

"Fizeram alguns avanços, mas também é certo que ainda não mostrou todos os componentes de um sistema de mísseis balísticos intercontinental", assegurou Selva a jornalistas.

Tampouco está claro se a Coreia do Norte tem um dispositivo capaz de voltar a entrar na atmosfera terrestre do espaço e lançar uma ogiva.

"É possível que (Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte) as tenha, assim temos que apostar ele as poderia ter, mas não demonstrou", disse Selva.

Em uma entrevista na BBC, o diretor da CIA, Mike Pompeo, advertiu que a Coreia do Norte está dando os últimos passos antes de conseguir a implantação de mísseis balísticos intercontinentais.

"Desenvolvemos uma compreensão bastante clara da capacidade de Kim Jong-Un. E falamos de que terá a capacidade para fazer chegar em poucos meses armas nucleares aos Estados Unidos", assegurou Pompeo.

A Coreia do Norte provou no ano passado que seus mísseis balísticos tinham o potencial para alcançar o território americano e em setembro executou seu sexto e maior teste nuclear.

Kim desenvolveu novas técnicas para levar os mísseis à plataforma, motivo pelo qual os Estados Unidos e seus aliados têm apenas de 12 minutos para advertir do lançamento de um míssil, acrescentou Selva.

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br