Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Internacional

O enviado das Nações Unidas e da Liga Árabe para a Síria, Kofi Annan, afirmou nesta quarta-feira (29) que espera visitar o país de Bashar al-Assad "bastante cedo" e fez um apelo para que o presidente ajude a por fim nos conflitos mais sangrentos pelos quais o país passa em décadas. Ele deve primeiro passar pelo Cairo, no Egito, para se reunir com líderes da Liga Árabe.

"Espero chegar à Síria bastante cedo", disse o ex-secretário-geral da ONU após reunião com seu sucessor desde 2007, Ban Ki-moon. "Pediria que Assad se engage não só a mim, mas ao processo que estamos lançando", completou.

As Nações Unidas nomearam há uma semana Annan para o posto de emissário especial para a crise da Síria com o objetivo de deter a violência armada.

Annan foi escolhido como enviado conjunto da Liga Árabe e da ONU para utilizar "sua boa experiência para colocar fim a qualquer violência e às violações aos direitos humanos, assim como promover uma solução pacífica para a crise da Síria", disse um comunicado emitido pelas duas entidades.

O ex-secretário-geral era considerado favorito para o posto, disseram diplomatas nesta quinta-feira, e concorria com o ex-presidente finlandês Martti Ahtisaari.

Também nesta quarta, o jornalista espanhol Javier Espinosa, um dos muitos ocidentais impedidos de deixar o distrito sitiado de Baba Amro, na cidade síria de Homs, conseguiu fugir para o vizinho Líbano, afirmou um ativista do grupo Avaaz.

Pelo menos 15 civis foram mortos nesta quarta em episódios de violência na Síria, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH). As informações são do G1.

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br