Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Internacional

O novo casal começou a fazer atividades junto fora de casa, como ir a academia. Logo, acabou se relacionando. Foto: ReproduçãoO novo casal começou a fazer atividades junto fora de casa, como ir a academia. Logo, acabou se relacionando. Foto: Reprodução

A invasão russa ao território ucraniano gerou uma onda de imigração por toda a Europa. Um dos países que recebeu refugiados ucranianos foi a Inglaterra, mesmo com as restrições impostas pelo governo Boris Johnson.

O casal Tony Garnett, de 29 anos, e a esposa, Lorna, de 28, decidiu abrir sua casa para refugiados que chegavam do leste europeu para a Grã-Bretanha. E assim desembarcou Sofiia Karkadym à casa dos Garnett.

A história aconteceu na Inglaterra e repercutiu bastante

Dez dias depois da chegada da ucraniana à residência, Tony decidiu abandonar sua esposa para viver com a refugiada de guerra no Reino Unido.

“Estamos planejando passar o resto de nossas vidas juntos”, disse Tony, que trabalha como segurança, ao tabloide britânico The Sun.

Ele pediu divórcio de Lorna e foi morar junto de Sofia, que afirma que o sentimento de paixão avassaladora é recíproco.

“Assim que o vi, fiquei interessada nele. Foi muito rápido, mas esta é a nossa história de amor. Eu sei que as pessoas vão pensar mal de mim, mas acontece. Eu podia ver o quão infeliz Tony estava”, declarou Sofia, que fugiu da cidade de Lviv, no oeste da Ucrânia.

O novo casal começou a fazer atividades junto fora de casa, como ir a academia. Logo, acabou se relacionando.

“Começou com um simples desejo meu de fazer a coisa certa e dar um teto sobre a alguém necessitado, um homem ou uma mulher”, comentou Tony.

“Sinto muito pelo que Lorna está passando, não foi culpa dela e não foi por nada que ela fez de errado. Nós nunca planejamos fazer isso e não queríamos machucar ninguém”, completou Sofia ao The Sun.

Ao Metro, a ex-esposa que foi trocada pela refugiada se disse magoada com a situação. “Ela não se importou com a devastação que deixou para trás”, desabafou Lorna, que atacou a refugiada ao invés do marido.

Veja também

Guerra na Ucrânia desperta na Alemanha os fantasmas de 1939-1945

Vídeo - Ucrânia recupera cidade de Bucha e conta 280 corpos enterrados em valas comuns

“Impossível sair”, disse, em vídeo, paraibana desaparecida na Ucrânia

Reunião entre ministros da Rússia e da Ucrânia termina sem cessar-fogo

Putin reage a boicote dos EUA e proíbe venda de matérias-primas

Relação com Putin fez Brasil evitar plano de evacuar brasileiros

Empresário russo oferece recompensa por captura de Putin

Jogadores chegam ao Brasil após fuga de guerra na Ucrânia: 'Alívio'

Russos anunciam tomada da cidade portuária de Kherson, bombardeiam Kharkiv e cercam Kiev

Russos anunciam tomada da cidade portuária de Kherson, bombardeiam Kharkiv e cercam Kiev

Moradores de Kiev se preparam para batalha na capital da Ucrânia

Dois jogadores de futebol morrem servindo na Guerra da Ucrânia

Cerca de 100 brasileiros ainda estão na Ucrânia e 80 já saíram, diz Itamaraty

Pronunciamento de Bolsonaro repercute na imprensa russa

Rússia e Ucrânia iniciam negociações enquanto combates continuam

A Ucrânia e os valores cristãos da Europa

A igreja ucraniana tem usado a arma mais poderosa contra a guerra: a Bíblia

Ucrânia: tanque é flagrado passando por cima de carro civil; veja vídeo

Anonymous declara guerra cibernética contra Rússia por invasão na Ucrânia

Guerra na Ucrânia: veja lista de alimentos e bens que ficarão mais caros

Brasil pede suspensão imediata das hostilidades após Rússia invadir a Ucrânia

Ucrânia pede que cidadãos deixem a Rússia e inicia convocação de reservistas

Guerra mundial? Entenda o conflito entre Rússia e Ucrânia

Bolsonaro visitará na Europa líderes polêmicos de Rússia e Hungria

'Rússia pode atacar Ucrânia a qualquer momento', diz EUA

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br