Galeria de fotos

Não perca!!

Eventos

O Brasil brigou até os últimos minutos até arrancar o empate em 2 a 2 com o Paraguai na noite desta terça-feira, no Defensores Del Chaco, em Assunção. Após o duelo, o técnico Dunga falou sobre a atuação da sua equipe, e minimizou o resultado conquistado fora de casa, destacando o poder de reação da Seleção Brasileira.

Confira os principais pontos da coletiva:

Resultado ruim?

"Vocês mesmo falaram que as eliminatórias seriam difíceis. O Brasil, aqui no Paraguai, ganhou em 1985. O jogo que tínhamos que fazer o resultado era contra o Uruguai. Aqui, no segundo tempo, entendemos como tem que ser nas eliminatórias. Sem a bola, temos que ser um pouco mais viril. Alguns não entenderam. Quando o Brasil tiver a bola, vamos ter que lutar."
PUBLICIDADE
inRead invented by Teads

Mensagem pós-jogo:

"Acho que é uma equipe que sabe reagir e não se acomoda com nenhum resultado. Entende quando as coisas não vão bem e fazem esforço pra mudar. Nós já sabíamos que seria difícil essa Eliminatória, e principalmente a gente vai criando mais opções com novos jogadores, em outras posições, e uma forma diferente de jogar da equipe, e são esses jogos que vão dando essas opções."

"Os jogadores têm correspondido o que nós temos pedido e principalmente hoje no segundo tempo, mostraram a vontade que eles têm de estar na Seleção Brasileira e se classificar pra Copa do Mundo."

O Brasil brigou até os últimos minutos até arrancar o empate em 2 a 2 com o Paraguai na noite desta terça-feira, no Defensores Del Chaco, em Assunção. Após o duelo, o técnico Dunga falou sobre a atuação da sua equipe, e minimizou o resultado conquistado fora de casa, destacando o poder de reação da Seleção Brasileira.

Confira os principais pontos da coletiva:

Resultado ruim?

"Vocês mesmo falaram que as eliminatórias seriam difíceis. O Brasil, aqui no Paraguai, ganhou em 1985. O jogo que tínhamos que fazer o resultado era contra o Uruguai. Aqui, no segundo tempo, entendemos como tem que ser nas eliminatórias. Sem a bola, temos que ser um pouco mais viril. Alguns não entenderam. Quando o Brasil tiver a bola, vamos ter que lutar."
PUBLICIDADE
inRead invented by Teads

Mensagem pós-jogo:

"Acho que é uma equipe que sabe reagir e não se acomoda com nenhum resultado. Entende quando as coisas não vão bem e fazem esforço pra mudar. Nós já sabíamos que seria difícil essa Eliminatória, e principalmente a gente vai criando mais opções com novos jogadores, em outras posições, e uma forma diferente de jogar da equipe, e são esses jogos que vão dando essas opções."

"Os jogadores têm correspondido o que nós temos pedido e principalmente hoje no segundo tempo, mostraram a vontade que eles têm de estar na Seleção Brasileira e se classificar pra Copa do Mundo."

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br