Galeria de fotos

Não perca!!

Esportes

Se passar pelo México, o Brasil enfrentará nas quartas de final Bélgica ou Japão, que jogam também nesta segunda (Foto: Reprodução)
Se passar pelo México, o Brasil enfrentará nas quartas de final Bélgica ou Japão, que jogam também nesta segunda (Foto: Reprodução)

Adversário da Seleção, México venceu a Alemanha na primeira rodada e abriu o caminho para as surpresas da Copa

Historicamente, o torcedor brasileiro tem motivos de sobra para acreditar numa classificação para as quartas de final, nesta segunda-feira (2), diante do México, às 11h, em Samara. Em Copas, foram três triunfos do Brasil e um empate em quatro jogos; e, nos últimos seis Mundiais, os mexicanos foram eliminados nas oitavas de final em todos.

Mas a Copa do Mundo da Rússia tem mostrado um outro lado que serve de alerta para a seleção brasileira. As zebras têm aparecido constantemente e o México foi um dos pioneiros, ao vencer a atual campeã Alemanha na primeira rodada, por 1x0. Resultados improváveis têm se tornado comuns, como os empates por 1x1 entre Argentina e Islândia e por 2x2 entre Espanha e Marrocos, as derrotas da Alemanha para a Coreia do Sul por 2x0 e da Colômbia para o Japão por 2x1, e por último a eliminação dos espanhóis, domingo (1º), nos pênaltis, diante da Rússia.

Pela primeira vez, a Rússia passou de fase em uma Copa do Mundo e já garantiu pelo menos o oitavo lugar por ter chegado às quartas de final. Enquanto foi União Soviética, entre as Copas de 1930 e 1990, o melhor resultado foi um quarto lugar em 1966, tendo sido eliminada pela Alemanha na semifinal.

Dos sete campeões mundiais que iniciaram a competição, três já se despediram: Alemanha, Argentina e Espanha. França, Uruguai e Inglaterra, além do Brasil, sobrevivem. A Itália sequer passou pelas eliminatórias europeias.

Para evitar que o Brasil seja mais uma vítima, Tite quer que a equipe mantenha, no mínimo, o nível de atuação do triunfo por 2x0 sobre a Sérvia, na terceira rodada da fase de grupos. 

“Vou falar minha expectativa como técnico: que a equipe repita o padrão do último jogo, daí para mais. Não vou fugir da minha responsabilidade. É de reproduzir o aspecto técnico, tático, físico, emocional, porque é decisivo. Nesses aspectos táticos, vamos segurar um pouco a vocês. Sei da qualidade de todo o trabalho da seleção mexicana. Não vou trazer minuciosamente situações específicas”.

Com a confirmação de Filipe Luís no lugar de Marcelo, o Brasil vai a campo com Alisson, Fagner, Thiago Silva, Miranda e FIlipe Luís; Casemiro, Paulinho e Coutinho; Willian, Gabriel Jesus e Neymar.

O México deve ter a mesma equipe que venceu a Alemanha na estreia, com Ochoa, Salcedo, Ayala, Hector Moreno e Gallardo; Herrera, Guardado e Layún; Vela, Chicharito e Lozano.

Se passar pelo México, o Brasil enfrentará nas quartas de final Bélgica ou Japão, que jogam também nesta segunda, às 15h, em Rostov.

 

Enquete

Qual seu candidato para presidente 2018?
 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br