Galeria de fotos

Não perca!!

Esportes

No domingo (25), o Vitória volta a disputar uma competição da qual é bicampeão, mas que não participa desde 1999. A Dallas Cup, um dos principais torneios de base das américas, acontece no Texas até o dia 1º. E a expectativa é que o sucesso dos anos 90 volte.

O Leão estreia às 18h (horário da Bahia) contra o Monterrey (MEX). Na segunda-feira (26), às 15h, enfrenta o Atlanta United (EUA). O último jogo da fase de grupos é contra o Real Oviedo (ESP).

Nos títulos de 1996 e 1997, brilharam promessas como Matuzalém, Alan Dellon, Xavier, Fernando e Fábio Costa. Agora, irão para o Texas alguns dos destaques da última Copa São Paulo, na qual o Vitória chegou às quartas de final. O técnico é João Burse.

Ficarão de fora Cedric, Flávio e Luan, que subiram ao profissional, e outros que fazem 20 anos em 2018, já que o torneio é sub-19. No meio do caminho, surgiu outro limitador: no período, serão disputados dois Ba-Vis pelo Baianão sub-20 e o jogo de ida da Copa do Brasil sub-20, contra o Internacional.

Segundo Carlos Anunciação, coordenador da base, não haverá problema. “Temos elenco de sobra. Se não tivesse, ficaria preocupado. Os mais velhos ficarão no Brasil e os mais jovens vão para os Estados Unidos”, diz.

Veterano de torneios internacionais no Palmeiras, Burse destacou a experiência: “A longo prazo, isso vai ser muito importante, inclusive para a Copinha. Esse grupo é o que vai disputar a Copinha em 2019, e a Dallas Cup vai ajudar no desenvolvimento deles”.

O Leão é um dos três cabeças de chave, ao lado dos ingleses Manchester United e Arsenal. Os líderes de cada grupo e o melhor segundo colocado vão para a semifinal.

Personagens

Mas quem são as promessas? Um dos mais conhecidos da torcida é o atacante Ruan Potó, 19 anos, habilidoso pelos lados do campo. “A ansiedade é grande para que chegue logo. Enfrentar Manchester e Arsenal é um sonho de qualquer atleta. Quero mostrar meu potencial”, disse.

A ida de Eron para o profissional abriu espaço para Matheus João, 19 anos, dez deles no Vitória. Ele foi um dos dois selecionados numa peneira de mais de mil garotos: “Vai ser um clima diferente, por enfrentar escolas do futebol tão diferentes. Espero me destacar. Quero retribuir ao clube com um título”.

Na zaga, a segurança é de Marco Antônio e Lucas Ribeiro, dupla que chamou a atenção na Copa São Paulo. “Estamos indo com o intuito de sermos campeões. Dentro de campo, não tememos ninguém”, diz Lucas Ribeiro.

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br