Galeria de fotos

Não perca!!

Esportes

O Tribunal de Justiça de Barcelona aceitou nesta sexta-feira (7) substituir a pena de 21 meses de prisão em regime fechado que o argentino Lionel Messi foi condenado, pelo pagamento de uma multa de 252 mil euros (cerca de R$ 950).

Messi e seu pai, Jorge Horácio, foram condenados em maio deste ano pelo fisco espanhol por fraude e sonegação de imposto. Além do pedido de prisão, o jogador do Barcelona foi multado em cerca de R$ 7,6 milhões. Já o pai do argentino, recebeu pena de 15 meses de prisão e uma multa de R$ 674 mil.

De acordo com o Tribunal de Barcelona, Messi e o pai receberam a ajuda de assessores fiscais especializados para organizar uma rede de sociedades de fachadas em países como Reino Unido, Suíça, Belize e Uruguai. O objetivo dessas sociedades era mascarar os valores recebidos pelo jogador de direitos de imagens.

A defesa de Messi alegou que ele não tinha conhecimento das manobras, mas o tribunal não aceitou o argumento e ele acabou condenado. Nos últimos meses outros esquemas de fraudes de jogadores de futebol foram divulgados pelas autoridades espanholas.

Astro do Real Madrid, o português Cristiano Ronaldo foi acusado de sonegar, através de empresas, cerca de R$ 55 milhões. De acordo com a imprensa européia, CR7 chegou a ameaçar deixar o Real por conta da denúncia.

 

 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br