Galeria de fotos

Não perca!!

Esportes

Bastou apenas um vacilo em 90 minutos para que o Bahia fosse castigado em Porto Alegre, na noite desta segunda-feira (12). Bem postado e muito aplicado defensivamente, o time do técnico Jorginho parecia que ia conseguir suportar a pressão do Grêmio, mas acabou sofrendo um gol de bola parada aos 40 minutos do segundo tempo e, mais uma vez, não conseguiu pontuar longe de Salvador: 1x0 para os gaúchos. A nova chance é quinta-feira (15), às 16h, diante do Coritiba, no Couto Pereira.

O primeiro tempo se desenhou com o Grêmio tomando a iniciativa diante de um Bahia muito aplicado na marcação e rápido nos contra-ataques. Os donos da casa chegaram com perigo logo aos seis minutos de bola rolando, em chute colocado de Pedro Rocha que passou perto do gol de Jean.

O tricolor respondeu em jogada individual de Zé Rafael, que recebeu bom passe após bola roubada por Renê Júnior, mas o camisa 18 finalizou rasteiro para defesa tranquila de Marcelo Grohe. Zé era o mais acionado nas investidas do Bahia, que tentava usar a velocidade e a individualidade para quebrar a barreira defensiva do time gaúcho.

O atacante Luan organizava as principais jogadas dos donos da casa e chegou a arriscar alguns chutes da intermediária, mas todos foram por cima do gol. Aos 33, o tricolor conseguiu encaixar novamente bom contra-ataque. Após boa troca de passes, Allione tocou para trás e Zé Rafael chegou batendo de primeira, mas a bola saiu fraca e ficou fácil para Marcelo Grohe.

Aos 38, aconteceu a melhor oportunidade da primeira etapa. Pedro Rocha recebeu dentro da grande área e tentou encobrir Jean, que ameaçou cair, mas fez grande defesa com a mão trocada para evitar que o adversário abrisse o placar. Antes da chuveirada, Zé Rafael ainda teve outra boa chance ao pegar a sobra do escanteio. Porém ele pegou mal na bola e mandou pra fora.

Segundo tempo

As duas equipes voltaram para o segundo tempo sem modificações, mas com menos intensidade. O Grêmio já não conseguiu implementar a mesma velocidade, no entanto, se mantinha bem postado em campo e sem dar espaços aos contra-ataques do Bahia.

Em busca da vitória, Renato Gaúcho logo colocou o atacante Everton no lugar do volante Arthur para deixar o time mais ofensivo. Jorginho respondeu colocando Ferrareis na vaga do cansado Allione. O nervosismo chegou ao Grêmio, que já errava passes bobos a partir dos 25 minutos. As modificações seguiram acontecendo.

Fernandinho e Lincoln entraram no time da casa, enquanto o colombiano Mendoza e o zagueiro Becão substituíram Vinícius e Lucas Fonseca, ambos com câimbra.

A partir dos 30 minutos, foi só pressão do Grêmio. A equipe gaúcha investia nas jogadas pelos lados do campo, mas a defesa do Bahia, bem postada, resistia. Até que, aos 40 minutos, veio o castigo.

Depois da cobrança de escanteio, o zagueiro Geromel desviou e Bruno Cortez apareceu na segunda trave para completar para o fundo do gol. O golpe foi duro para o tricolor, que não teve mais forças para reagir e acabou derrotado pela terceira vez na Série A, a terceira fora de casa.

 

 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br