Galeria de fotos

Não perca!!

Esportes

Amanhã é Domingo de Páscoa. Para os mais religiosos, o feriado não tem a ver com ovos de chocolate, mas com renascimento, renovação. Olhando para o elenco do Vitória, poucos jogadores se apegam tanto a essas palavras quanto o goleiro Fernando Miguel. E o dia promete ser simbólico para ele, que fará seu 100º jogo pelo rubro-negro. O Leão encara o Vitória da Conquista, às 16h, pela  semifinal do Campeonato Baiano. O confronto será no Lomanto Júnior.

A trajetória do camisa 1 é mesmo marcada por renascimentos. O primeiro veio em 2010, quando ficou sete meses sem clube e, por pouco, não abandonou o futebol. Foi só uma fase. Os anos passaram, as coisas foram se encaixando. Após boa fase no Juventude, quando foi eleito melhor goleiro do Gauchão, despertou o interesse do Vitória e foi contratado, em 2013.

A boa fase ficou lá pelo Sul e ele chegou a ser afastado para disputar a Copa Governador do Estado. Paciente, esperou até 2015 para, finalmente, estrear pelo time principal. Isso aconteceu em um amistoso onde o Vitória disputava o 3º lugar da Super Copa Maranhão, contra o Moto Club.

De lá para cá, Fernando Miguel sofreu com lesões, caiu nas graças da torcida, amargou o banco de reservas. Altos e baixos. De alguma forma, ressurreições.

Números

Hoje titular do time vermelho e preto, ele soma 99 jogos pelo Vitória, sendo 96 oficiais e três amistosos. Prestes a jogar pela 100ª vez pelo Leão, se emociona ao falar da marca. “Não tinha parado para pensar na importância do significado que tem esse 100º jogo. Hoje, quando olhei para toda a minha história, tudo que passei na carreira, vi como esse é um momento emocionante para mim e minha família. É muito especial. Me sinto orgulhoso e honrado de completar 100 jogos, ainda mais com a camisa do Vitória. Todos sabem da minha dedicação, meu empenho. Apesar de qualquer momento difícil, tenho certeza que é uma história bonita, bem construída. Tenho muito mais coisa boa para contar do que coisas negativas”, analisa.

Nos 99 jogos disputados, ele sofreu 100 gols. A média pode parecer alta, mas os números comprovam que o Leão venceu muito mais do que perdeu nos momentos em que Fernando Miguel assumiu as traves. Dos 99 jogos em que esteve em campo, ele viu o Vitória triunfar em 52 deles. Além disso, empatou 19 jogos e perdeu 25 vezes. Para completar, o goleirão é bom em pegar pênalti: das 16 cobranças até aqui, ele defendeu nove.

E tem mais. De 2013 para cá, dos goleiros que mais atuaram no Leão, ele é o que ostenta melhor aproveitamento. No topo do ranking, Fernando Miguel tem aproximadamente 60% de aproveitamento e fez melhores campanhas em relação a Deola (59%), Gatito (48%) e Wilson (44%).

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br