Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Educação

Escola Cleuza Maria de Carvalho Moreira, localizada na Rua São Bento no bairro Camaçari de Dentro (Foto: CFF/Andrezza Moura)
Escola Cleuza Maria de Carvalho Moreira, localizada na Rua São Bento no bairro Camaçari de Dentro (Foto: CFF/Andrezza Moura)

Pais de alunos da Escola Cleuza Maria de Carvalho Moreira, localizada na Rua São Bento no bairro Camaçari de Dentro, entraram em contato com o Camaçari Fatos e Fotos (CFF), e informaram indignados que seus filhos fizeram provas de disciplinas que não tem professor. Ainda de acordo com eles, a direção da unidade escolar, informou que as provas foram aplicadas pela secretaria de educação.

A denúncia

"O colégio Cleuza Maria de Carvalho Moreira estar aplicando prova para os alunos na matéria que não tem professor, estar certo isso? Os alunos estão sem professor de algumas matérias, mesmo assim fazem prova, isso não existe é o mundo de faz de conta o colégio faz que ensinou os alunos faz que aprendem. Estar virando bagunça na cabeça das crianças [,] o colégio disse que foi a secretaria de educação que aplicou a prova não sei, eu só sei que estar errado as eleições vem ai", diz a adenúncia.

Procurada pelo CFF, a diretora da escola, Berenice Santana, confirmou que realmente os alunos fizeram provas de matérias que ainda não possuem professores. Porém ela esclareceu que o exame faz parte da Avaliação Parcial do rendimento (APR), e que foi aplicado pela Secretaria de Educação em toda rede de ensino do município, com o intuito de verificar a qualidade do ensino oferecido.

Indagada se a Seduc tinha conhecimento da falta de docentes na escola, a gestora informou que sim, e disse que um concurso público foi realizado e que professores de história e geografia foram convocados; contudo os que apareceram na unidade não puderam assumir as turmas por conta da incompatibilidade de horário.

Ainda perguntada se havia previsão para a chegada de novos professores, já que o segundo semestre bate à porta e consecutivamente o final do ano letivo, a diretora respondeu que, “o que foi informado aos pais pela coordenação e pela direção é que no momento que a secretaria encaminhe o professor, este professor vai adequar todo o currículo ao tempo letivo que ainda temos”. “Futuramente teremos sábados letivos para fechar os 200 dias desses meninos”. Conclui.

De acordo com a diretora, todos os pais que estiveram na escola durante a festa dos dias das mães, foram informados de que seus filhos não seriam prejudicados, pois as notas não seriam computadas, já que os estudantes não tiveram as disciplinas. Questionada o porquê então dos alunos terem feito a avaliação mesmo sem ter conhecimento dos assuntos, Bernadete Santana respondeu que as provas já haviam sido xerocadas e entregues pela Seduc e por este motivo todos participaram.

Porém ela frisou que os alunos que estão se sentindo injustiçados terão a oportunidade de fazer outra prova, já que a APR faz parte do calendário escolar e tem peso “2”. “Eles (alunos), farão outra prova com o mesmo peso ou terão a nota multiplicada, mas temos que aguardar a decisão da coordenação da Seduc, que deverá passar todas as diretrizes a serem seguidas”. Finaliza a diretora.

Biblioteca para comunidade

Em uma ação inusitada, a diretoria da Escola Cleusa Maria informa que as portas da unidade encontram-se abertas aos pais de alunos e a toda sociedade camaçariense que gostem de apreciar uma boa leitura.  Muito entusiasmada com a biblioteca e sala multiuso, a diretora, Berenice Santana, avisa que todos os livros da escola estão à disposição da comunidade e que é preciso um simples cadastro para que qualquer pessoa tenha acesso aos exemplares.

A orgulhosa vice-diretora e idealizadora do espaço, Josineide da Silva, informou que a biblioteca foi completamente montada com recursos da prefeitura municipal, porém está aberta a doações da população.

Documentação necessária para cadastro

Identidade ou qualquer documento com foto, comprovante de residência e um número de telefone fixo.

Gêneros

Literaturas infanto/juvenil; Didáticos; Paradidáticos; Contos; Cartilhas; Biografias; Aventuras; Romances; Crônicas; Poemas e Poesias; dentre outros.

Horário de funcionamento

De segunda à sexta-feira das 8 às 12h e das 13 às 16h30

Observação

Quem tiver interesse em adquirir emprestado os livros e/ou fazer qualquer doação, basta apenas procurar a ex-aluna da unidade escolar, Rafaela Nascimento e revelar a intenção. Nenhuma taxa será cobrada.

Saiba mais sobre: Educação

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br