Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Educação

Durante o ato, por diversas vezes os manifestantes pararam o trânsito, causando congestionamento na nas ruas que dão acesso a Praça Abrantes (Foto: CFF)
Durante o ato, por diversas vezes os manifestantes pararam o trânsito, causando congestionamento na nas ruas que dão acesso a Praça Abrantes (Foto: CFF)

Na tarde desta terça-feira (15), por volta das 16h30, um grupo de estudantes de colégios estaduais no município e professores se reuniram na Praça Desembargador Montenegro e saíram pelas ruas do centro da cidade, munidos de cartazes e gritando palavras de ordem em protesto ao que chamaram de "intransigência do governador do estado'' sobre a greve dos professores, que está completando nesta quarta-feira (16), exatos 35 dias.

Insatisfeitos, os estudantes disseram que esta manifestação não é contra os professores, mas sim contra a demora do governo em atender a solicitação da categoria, o que somente os prejudicam. Durante o ato, por diversas vezes os manifestantes pararam o trânsito, causando congestionamento na nas ruas que dão acesso a Praça Abrantes.

O acordo (?)

A reivindicação dos professores é que o governo estadual cumpra o acordo assinado em 11 de novembro do ano passado, em que concede à classe um reajuste de 22,22% no salário, e que estava previsto para entrar em vigor em janeiro deste ano. De acordo com a determinação do Ministério Público, o valor do reajuste nivelaria o piso nacional do magistério.

Segundo o sindicato da categoria, até o momento só teriam sido pagos 6,5% do valor acordado e que o governador Jaques Wagner prometeu pagar o valor restante em duas parcelas, em novembro passado e abril de 2013, o que não deixou os professores nem um pouco satisfeitos.

Apesar de o movimento ter sido decretado ilegal pelo Tribunal de Justiça, e os professores terem o ponto cortado; na manhã desta terça-feira (15), após a realização de uma assembléia no Centro Administrativo da Bahia, a categoria resolveu manter a greve. Enquanto os mais de 40 mil docentes não chegam a um acordo com o governo cerca de 1 milhão de estudantes em todo estado permanecem sem aula.

Saiba mais sobre: Educação

Um grupo de estudantes de colégios estaduais no município e professores se reuniram na Praça Desembargador Montenegro (Foto: CFF)
Um grupo de estudantes de colégios estaduais no município e professores se reuniram na Praça Desembargador Montenegro (Foto: CFF)

Os estudantes estavam munidos de cartazes (Foto: CFF)
Os estudantes estavam munidos de cartazes (Foto: CFF)

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br