Galeria de fotos

Não perca!!

Economia

O saldo não foi elevado, mas sinaliza uma melhora substancial no perfil da economia no Estado a partir do segundo semestre de 2017 e projetando uma continuidade ascendente em 2018. Para os 16.567 cancelamentos de empresas na Bahia no ano passado, foram abertos 23.906 novos empreendimentos, com um saldo positivo de 7.339 novas empresas em todo o Estado

Os números são menores que do ano passado, quando foram criadas 24.317 empresas, mas que teve maior quantidade de empresas fechadas, 16.812. Dentre as atividades que foram mais promissoras no final de 2017 estão os setores de prestação de serviços e do comércio varejista. Os serviços cresceram mais, com 9.021 novos empreendimentos e cancelamento de 5.846. Já o Comércio Varejista teve 8.659 novos empreendimentos, mas o fechamento de 8.048 lojas, com um saldo de 611 lojas abertas.

Os dados são da Junta Comercial do Estado da Bahia (JUCEB), que mostram que a economia baiana, começa a mostrar sinais de recuperação e reversão de um quadro de índices negativos. “Temos boas perspectivas para 2018. Não um crescimento acentuado, mas um crescimento modesto e contínuo”, diz o presidente do Sindicato dos Lojistas da Bahia, Paulo Mota, que representa  45 mil lojas em todo o Estado, das quais 12 mil em Salvador, e 260 mil empregos, dos quais 120 mil na capital baiana.

De acordo com os dados da Junta Comercial, no ano passado, entre o número de empresas que fecharam as portas e as que foram constituídas em todo o Estado, o saldo foi positivo em todos nos segmentos da atividade econômica. Quando comparados os números de novas empresas registradas no ano passado (23.906) com os do ano anterior (24.317), contudo, a diferença é negativa em 4

 

Enquete

Nesse 2º turno, qual seu candidato para presidente?
 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br