Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Curiosidades

Selfie é a sensação do momento
Selfie é a sensação do momento

Quem não tirou e postou um “selfie” em alguma rede social, que atire a primeira pedra. Facebook, instagram, whatsapp; atualmente, a postagem de uma foto demora apenas um segundo, mas as vezes se fotografar -achar o lugar perfeito, a hora exata, e o sorriso adequado- pode custar a vida. Segue a continuação uma breve lista de pessoas que por estarem obcecadas com a ideia de se auto fotografar tiveram um final trágico.

1.     Selfie a 80 metros de altura

.
.

Em agosto de 2014, o penhasco Mackowiak Cabo da Roca em Portugal foi cenário de uma tragédia. Uma família polonesa que realizava frequentes viagens a este país, atravessou a barreira de proteção, assim como é feito por vários turistas diariamente, deixando os filhos na zona de segurança. A queda aconteceu às 18h48, no ponto mais ocidental da Europa Continental, lugar onde Leo e Sophie, os filhos de seis e cinco anos, gritaram pedindo socorro.

2.    Selfie e volante não combinam

.
.

Courtney Sanford, uma norte-americana de 32 anos, se encontrava ouvindo a música “happy” de Pharrel Williams quando passou pela sua cabeça tirar um selfie enquanto conduzia. Rapidamente o postou no seu facebook com a legenda “canções felizes me fazer sentir feliz”.  Às 08h34 de uma manhã de abril, seu carro bateu de frente num camião de reciclagem, incendiando seu veículo e provocando a sua morte. No interior do carro não acharam vestígios de álcool ou drogas, ou sequer indícios de ter se excedido na velocidade. Este é um exemplo do que pode acontecer quando se utiliza o celular enquanto se dirige.

3.    Selfie do fim de uma nova vida

.
.

Collette Moreno, uma jovem de 26 anos que estava com casamento marcado, viajava ao Estado de Missouri (EUA) para curtir sua despedida de solteira. Quando resolveu tirar um selfie junto a sua amiga Ashley Theobald, que dirigia o veículo. Na vontade de registrar sua viagem, um minuto depois da postagem de Collete, Ashley tentou ultrapassar um caminhão e embateu com ele frontalmente, atingindo unicamente ao lado do passageiro, onde se encontrava a noiva. Com casamento marcado para um mês depois, a moça deixou um filho de cinco anos.

4.    Selfie armado

.
.

Em Cuautepec de Madero, México, Oscar Otero, tinha uma arma nas mãos e muita vontade de se fotografar. No meio de uma festa com seus amigos, o jovem de 21 anos, teve a ideia de fazer o selfie se apontando na cabeça achando que a arma de fogo estivesse descarregada. Um ligeiro movimento fez ele dispara-la e a bala atravessou sua cabeça, matando-o no instante. Quando a polícia chegou no local, o corpo já estava morto. Esta fotografia nunca existiu.

5.    Selfie na moda

.
.

Há quem prefere tirar um selfie dentro da cidade mas em lugares recônditos, fora do comum; a pessoa alcança uma altura vertiginosa e faz uma pose que desafia ao perigo, o que nos países da Europa do Leste se chama de escalada urbana. O caso de Xenia Ignatyeva, uma moça de 19 anos, é mais um deste tipo. A jovem tentou se fotografar em uma ponte na cidade de São Petersburgo, na Rússia, quando perdeu o equilíbrio, escorregou e caiu nove metros abaixo. Ela teria tentado agarrar os fios do poste para se salvar, mas recebeu uma descarga eléctrica mortal.

6.    Selfie pela paz

.
.

Para o adolescente libanês Mohammed Shaar que encontrava-se em Beirute, capital do país árabe, aproveitando o fim do semestre com seus amigos, o selfie teve outro significado. O mesmo posou em grupo instantes prévios a explosão de uma bomba. Na foto tirada por jornalista, se vê ao jovem caído no chão e ensanguentado. A repercussão da fotografia foi tamanha que Mohammed se tornou o jovem símbolo da violência no Líbano e do pedido de paz.

Clique aqui e siga-nos no Facebook.

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br