Galeria de fotos

Não perca!!

Ciência e Tecnologia

A fertilização assistida tem sido uma forte aliada para muitas mulheres que querem realizar o sonho de mãe. Uma pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) mostra que 52% das mulheres que planejam suas gestações têm acima de 35 anos e quase 60% tem maior escolaridade, além de relações estáveis (49,5%). Para construir uma carreira sólida e amadurecer os planos futuros, muitas mulheres têm encontrado apoio nos avanços na área de reprodução humana para realizar o sonho de ser mãe mais tarde, de forma segura.

Retirada

Nos últimos anos, as chances de sucesso dobraram na fertilização in vitro – procedimento que envolve a retirada dos óvulos do corpo da mulher para fertilização em ambiente laboratorial, a fim de obter pré-embriões de boa qualidade, que são transferidos, posteriormente, para a cavidade uterina. O Dr. Marcos Moura, médico especialista em reprodução assistida da Clínica Matrix, explica que o processo permite a mulheres que adiaram a gravidez ampliarem as chances de ter um bebê, mesmo na idade em que as oportunidades de uma gestação pelo método tradicional são menores.

A psicóloga Érica Bevilacqua recorreu ao procedimento, uma vez que seu desejo era ser mãe depois dos 30 anos: “Nessa fase eu já era uma pessoa mais madura, e, por saber que teria uma responsabilidade ainda maior, posso educar minha filha de uma forma melhor. Eu acredito que se tivesse sido mãe mais jovem, eu não poderia dar a educação que eu dou hoje para ela. Nossas chances eram bem pequenas e nós conseguimos hoje ter essa boneca que nos traz tanta alegria”, conta.

De acordo com o médico, a maioria das pacientes que procura por esse tipo de procedimento, na Clínica Matrix, tem a intenção de cuidar primeiro da carreira e de outros planos para, posteriormente, oferecer à criança uma vida mais estruturada. “Essas mulheres não têm problemas de fertilidade, apenas preferiram adiar a gestação, por inúmeros motivos e, com o passar do tempo, a possibilidade de engravidar diminui com a menor produção de óvulos”, esclarece o médico. A fertilização in vitro propicia o encontro do espermatozoide com o óvulo fora do corpo da mulher, o método substitui o papel das trompas, pois é nessa região que ocorre a fertilização.

Marina Costa conquistou a tão sonhada gravidez aos 39 anos. Antes disso, ela preferiu morar fora do país por dois anos com o marido. Na volta, investiu em um apartamento maior e procurou ajuda médica para engravidar. “No começo eu fiquei com medo, porque tinha esperado bastante e achei que poderia não conseguir, mas correu tudo bem e hoje estamos com a nossa filha, crescendo feliz, com saúde e bem amparada”, conta Marina. A filha do casal tem dois anos.

Cuidados necessários

Para realizar o sonho de ser mãe mais tarde, são necessários alguns cuidados importantes, tanto na decisão de engravidar quanto para garantir  o sucesso do procedimento. O especialista lista algumas dicas para as mulheres que desejam engravidar após os 35 anos de forma segura, por meio da fertilização in vitro

Profissional - Procurar uma clínica conhecida no segmento e um profissional qualificado. Parece óbvio, mas é importante que a futura mãe conheça o perfil da clínica e do médico que cuidará do processo

Apoio - O processo resulta em desgaste emocional e físico, por isso é importante que a futura mãe esteja preparada psicologicamente para esse momento. O apoio da família também é essencial

Hidratação - Manter o corpo hidratado e consumir alimentos saudáveis, pois o útero hidratado vasculariza de forma mais eficiente, recebendo melhor a progesterona e espessando adequadamente o útero; o endométrio espessado corretamente aumenta as chances de implantar e sustentar o embrião

 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br