Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Cidade

Como forma de garantir o cumprimento das normas de segurança estabelecidas pelas autoridades de saúde, procissão foi realizada uma carreata (Foto: Reprodução | Nossa Metrópole)
Como forma de garantir o cumprimento das normas de segurança estabelecidas pelas autoridades de saúde, procissão foi realizada uma carreata (Foto: Reprodução | Nossa Metrópole)

O 7 de Janeiro é uma data que mobiliza grande parte da população católica de Camaçari. Todo ano, no dia em que a comunidade religiosa celebra São Thomaz de Cantuária (padroeiro da cidade, segundo a crença professada pela igreja) é realizada uma procissão seguida de missa campal.

Milhares de fiéis e dezenas de políticos se reúnem, tanto na caminhada quanto na praça Desembargador Montenegro, para acompanhar a liturgia.

Neste ano, no entanto, a Diocese de Camaçari decidiu alterar o formato da comemoração, como forma de garantir o cumprimento das normas de segurança estabelecidas pelas autoridades de saúde para prevenção da Covid-19.

No lugar da procissão foi realizada uma carreata. Já a missa campal, tradicionalmente realizada na praça Desembargador Montenegro, em frente à catedral São Thomaz de Cantuária, foi substituída por sete missas menores, realizadas nas demais paróquias do município, ao longo do dia.

Além desses cuidados, a Diocese também limitou o acesso às missas através da distribuição de senhas.

Esses cuidados, no entanto, não foram suficientes para impedir a aglomeração que se sucedeu após a última missa: políticos e jornalistas se concentraram na área externa da catedral para entrevistas. Apesar de a maioria aparecer de máscara nas imagens postadas nas redes sociais, ninguém estava mantendo a recomendada distância mínima de 1,5m.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br