Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Cidade

Prefeito ACM Neto, vic-prefeito Bruno Reis e o diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sosthenes Macedo (Foto: Reprodução)
Prefeito ACM Neto, vic-prefeito Bruno Reis e o diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sosthenes Macedo (Foto: Reprodução)

Foi anunciada, na manhã desta segunda-feira, 18, a Operação Chuva 2019 em Salvador. O lançamento ocorreu no Palácio Thomé de Souza, com a presença do prefeito ACM Neto, vic-prefeito Bruno Reis e o diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sosthenes Macedo.

O decreto da operação possui duas etapas: a primeira visa intensificar as ações preventivas. Já a segunda será realizada de abril a junho e prevê a medida de ações de monitoramento e resposta a situações de risco ou desastre.

No momento 58 obras de contenção foram concluídas, enquanto oito ainda estão em execução. Entre as ações preparatórias está a inserção de Geomanta, para proteger 152 encostas.

Ações preparatórias

De janeiro a março deste ano foram utilizadas aproximadamente 13.000m² para proteger 108 áreas de risco em atividade continuada da Codeasal. Também houve a manutenção da rede de macro e microdrenagem: com dragagem de 20 canais, limpeza de 1.900 caixas coletores e desobstrução de 27.135m de galerias de drenagem.

Foram realizadas 6.557 podas de árvores em diversas áreas, além de 107 supressões. Atualmente há oito sistemas de alerta e alarme em funcionamento. Em 2019 serão instalados nos bairros Sete de Abril, Castelo Branco e São Caetano. Duas estações meteorológicas serão instaladas no Cabula e Monte Serrat.

Será ampliado o monitoramento do volume de água, com instalação de duas estações no Rio Camarajipe. Atualmente há 88 áreas mapeadas com identificação dos riscos de deslizamento ou alagamento.

Capacitação


Em Salvador, há 36 Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (Nupdecs), sendo 1.982 pessoas moradoras de áreas de risco. O Projeto Defesa Civil nas Escolas em 38 unidades da rede municipal, abrangendo 2.476 alunos.

Foram realizados 14 simulados de evacuação em 14 áreas de risco, com acionamento do Sistema de Alerta e Alarme. Ainda houve simulados nas escolas municipais Novo Horizonte, Olga Figueiredo, Francisca de Sande e Antônio Carlos Magalhães.

Até o momento foram realizadas 6.851 vistorias, há 3.098 famílias cadastradas, 191.058 m² de lonas distribuídas e 1.558 famílias beneficiadas.

O investimento total previsto é de R$ 70.230.000.

Previsão climática

As chuvas esperadas para março, abril e maio devem ficar em torno da média histórica (913,3 mm) e devem se concentrar em poucos dias, espalhadas por Salvador.

Nesta ação estão envolvidos a Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), Codesal, Secretaria Municipal de Manutenção da Cidade (Seman), Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Guarda Civil Municipal (GCM), Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal) e Prefeituras-Bairro.

NOTA CFF

E Camaçari???

Veja também:

Elevador de condomínio de luxo no Corredor da Vitória cai e dois morrem

Mulher dá à luz seis gêmeos em parto que durou apenas nove minutos

Programa "O Aprendiz" está de volta depois de conco anos fora do ar

Perigo no Youtube - Boneca manda crianças matarem os pais e esposa de Gusttavo Lima se apavora

Homem é preso após estuprar e matar idosa de 92 anos depois de prestar serviço na casa

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br