Galeria de fotos

Não perca!!

Cidade

Prefeitura de Camaçari
Prefeitura de Camaçari

Não dá para dormir com um barulho desses e dizer que passou a noite bem. Isso se considerado que depois de toda cidade saber que uma barbeiragem do setor de Comunicação, que veiculou no site oficial do governo e em peças publicitaria em portais de notícia, que o prazo para parcelamento de impostos em atraso era 31 quando na verdade o tempo expirava um dia antes, em 30 de outubro, foi o responsável pela perda do prazo para o cidadão camaçariense em debito com seus tributos municipais se entender com o fisco, surpreendendo quem procurou naquele dia os balcões de negociação, a prefeitura volta e diz que o prazo foi prorrogado "atendendo um apelo do contribuinte interessado em quitar suas contas".

No âmbito do esporte, quando um time contrata algum reforço, acostuma se dizer, quando o jogador entra bem ou mal em campo, que "no arriar das malas se conhece o jogador". E o que dizer dum governo que já entra não só não admitindo que errou mas mentindo dessa forma para a cidade que governa pouco se importando com o conceito do povo sobre suas atitudes?

Em entrevista ao radialista Roque Santos, na época do episódio desconcertante, o secretário da Fazenda Municipal, Renato Almeida, justo pela reclamação dum ouvinte que se viu prejudicado pelo erro, foi observado pelo radialista a que a prefeitura devia um pedido público de desculpas à população. O secretario, mesmo não chancelando a observação do comunicador, admitiu o erro. Então como os termos dessa nota se justifica, senão para expressar condutas?

Afora o feio que o governo faz com essa falta de verdade, o fato é que, com a aprovação da prorrogação, em tempo recorde, pela Câmara Municipal, ganha todo mundo: ganha o cidadão que foi levado a perder o prazo e quer se regularizar; ganha o secretário da pasta, que galga com isso mais tempo para bater suas metas de arrecadação; ganha a prefeitura, que deve recolher bem mais impostos do que esperava; e ganha a cidade, que vai vendo onde deve pisar ou não, quando o assunto for sinceridade de quem lhe governa.

Fez feio está dito. Da mesma forma quando fizer bonito...

Eis a nota:


Prefeito sanciona prorrogação do Refis

O prefeito Antônio Elinaldo sancionou, nesta quarta-feira (8/11), a lei aprovada pela Câmara Municipal, que prorroga o prazo final para adesão ao Programa de Refinanciamento Fiscal (Refis) do Município para o dia 28 de dezembro de 2017. A decisão de ampliar o prazo atendeu ao apelo dos contribuintes de Camaçari interessados em quitar suas contas com o fisco municipal.

O programa de Refinanciamento Fiscal prevê descontos de até 100% no valor de multas e juros de mora. Quem aderir ao refinanciamento pode obter os descontos e parcelar em até 40 vezes pendências com os seguintes tributos:

- IPTU (Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana)

- COSIP (Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública),

- TFF (Taxa de Fiscalização do Funcionamento)

- TRSD (Taxa de Coleta, Remoção e Destinação de Resíduos Sólidos Domiciliares)

- ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza)

- ITIV (Imposto sobre a Transmissão Inter Vivos de Bens Imóveis).

Os contribuintes interessados podem aderir ao programa pelo site da Secretaria da Fazenda de Camaçari: sefaz.camacari.ba.gov.br.

Veja também:

"Erro de comunicação" deve levar a enxurrada de ação judicial contra a prefeitura de Camaçari

Clique aqui e siga-nos no Facebook

Na nota, a prefeitura diz que o prazo foi prorrogado 'atendendo um apelo do contribuinte interessado em quitar suas contas'
Na nota, a prefeitura diz que o prazo foi prorrogado 'atendendo um apelo do contribuinte interessado em quitar suas contas'

 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br