Galeria de fotos

Não perca!!

Cidade

Hospital Geral de Camaçari
Hospital Geral de Camaçari

Não é de hoje nem de ontem que o Camaçari Fatos e Fotos (CFF), que já tem completos 10 anos no ar, publica matérias denunciando descasos com que pacientes diziam estarem sendo tratados, a este portal, por prepostos do Hospital Geral de Camaçari (HGC).

Os casos foram inúmeros, em um deles, que foi dividido em tempo real com Antônio Franco Nogueira, hoje diretor do CFF, por uma parturiente que foi impedida de entrar na unidade medica, às 5 horas da manhã, num dia chuvoso, que gerou um texto opinativo intitulado "A fera do HGC", que chegou a ser republicado dado à continuação reiterada de eventos similares, assinado pelo diretor deste portal, (portal que nem existia na época), a situação vivida pela parturiente, que reportava através da irmã, Claudia Costa, 38 anos, a Franco por telefone, o drama que vivia, conforme narrado no texto, foi estarrecedor.

A irmã de dona Claudia, hoje mãe do garoto Pedro, de 11 anos, moradora de Barra de Pojuca, sob pretexto de "falta de vaga", só não teve seu bebê na calçada do hospital por causa duma intervenção de Franco junto ao pessoal do posto do Gravatá, uma comprometida profissional, de pré nome Marta, que, graças a Deus, o ajudou em tempo a localizar o motorista duma ambulância, em cuja maca Pedro quase nasceu. Na época a mãe da parturiente, que também a acompanhava, diante do seu argumento de que daquela forma a filha ia acabar "parindo ali na rua", teria ouvido de certa geriatra, que se ela parisse "ali fora" o máximo que ela podia fazer era pô-la para dentro para limpá-la".

E diante do que recebeu este portal, de uma família de leitores, e de outra leitora, onde dá-se conta de que o mesmo HGC de tantas reclamações de outrora estaria com um atendimento humanizado e mais organizado a ponto de chamar atenção dos pacientes, a título de justiça, o CFF não poderia deixar de fazer esse registro.

Em um dos casos, no mais recente deles, uma senhora, dona Ednalva Ferreira do Santos, de 60 anos, com traumatismo craniano depois de sofrer uma queda de moto, em companhia de uma de suas filhas, teria sido tão bem tratada que chamou a atenção de toda a família tendo o seu genro, Cleilton Silva, 42, entrado em contato com o CFF para expressar seu contentamento.

"Gostaria de utilizar o espaço desse grande jornal que é o Camaçari Fatos e Fotos para agradecer o Hospital Geral de Camaçari, pelo atendimento a nossa comunidade e em especial a minha sogra Ednalva Ferreira do Santos, que já está em recuperação em casa, graças primeiramente ao Nosso Senhor Jesus Cristo e toda diretoria, médicos, enfermeiros, apoio e também a equipe de Segurança, melhora visível tanto no atendimento mais humanizado, e também na limpeza. Em nome de toda família meus sinceros agradecimentos. Muito mais do Amor do Nosso Senhor Jesus Cristo nas nossas vidas", diz Silva, (foto), morador do bairro Novo Horizonte.

A nora de Cleiton, Geisa Alves de Oliveira Costa, 19, também se manifesta, pelo atendimento que teria recebido, na unidade hospitalar: "Eu também gostaria de agradecer ao hospital de Camaçari pelo atendimento maravilhoso e o tratamento que tive a um mês atrás; foi visível o bom serviço que cada um prestou, para melhora das condições dos pacientes", diz Geisa, em sua mensagem.

As expressões de agradecimento ao hospital atravessa a cidade, e vem também do bairro do Verde Horizonte: "Camaçari Fatos e Fotos o HGC no meu ponto de vista no momento merece parabéns pela organização e pelo atendimento já que um ano atrás a gente não via o que eu vi quando estive internada, quero falar com toda convicção que o hospital Geral de Camaçari está de parabéns, queria dizer isso". Queria e disse, dona Norma Lúcia Nascimento Silva, 49 anos, cabeleireira, moradora da Rua Tamaraju, no Verde Horizonte.

Mas nada disso deveria ser observado pelos usuários dos serviços públicos, como digno de parabenização não fosse a desesperança da população nos governos e em muitos dos que o fazem. Contudo, dado a que falar mal é mais comum do que expressões como essas, o CFF fez o registro e fecha dizendo que sim, "nem tudo está perdido".

Clique aqui e siga-nos no Facebook

Cleilton Sliva - camisa branca; na companhia de seu filho, Henrique Nunes Silva
Cleilton Sliva - camisa branca; na companhia de seu filho, Henrique Nunes Silva

Geisa Alves
Geisa Alves

 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br