Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Cidade

Recomenda-se um cuidado redobrado ao usar os “pisca-piscas” em áreas externas, pois pode agravar os riscos de acidentes (Imagem Ilustrativa)
Recomenda-se um cuidado redobrado ao usar os “pisca-piscas” em áreas externas, pois pode agravar os riscos de acidentes (Imagem Ilustrativa)

Enfeites luminosos, piscas-piscas, guirlandas, papais-noéis. Nesta época do ano, a decoração dos prédios, casas e ruas traduz o espírito natalino e alegra os ambientes. Mas, é preciso tomar alguns cuidados para evitar acidentes.

A Coelba alerta a população para que fique atenta a alguns detalhes, que começam já na escolha dos produtos. Eles devem ser de boa qualidade e certificados pelo Inmetro. Nas embalagens dos piscas-piscas devem haver informações como potência, tensão de alimentação e instruções de uso. No caso das árvores de Natal, é importante procurar pela etiqueta “Resistente ao Fogo”. Essa medida pode evitar um incêndio, na eventualidade de um curto-circuito.

No caso dos enfeites luminosos, a informação sobre a potência do produto, dada em watts (W) e contida na embalagem, merece atenção, pois quanto maior a potência, maior será o consumo de energia.

Além disso, é aconselhável fazer uma revisão nas instalações elétricas, com um eletricista capacitado. Atenção também para fios desencapados, com a parte metálica transparente, o que pode causar choques e fuga da corrente elétrica.

O uso de várias ligações em uma mesma tomada, através do chamado “Tês” (benjamins), pode provocar aquecimento e curto-circuito e conseqüentemente interromper o fornecimento de energia elétrica. Se o incidente ocorrer próximo a materiais inflamáveis (cortina de tecido, papelão, fibras, isopor e etc), pode até causar um incêndio. Além dos riscos, o aquecimento da tomada também gera desperdício e o conseqüente aumento na fatura.

Ao manusear a instalação natalina, é preciso certificar-se de que ela está inteiramente desconectada das fontes de alimentação de energia. Os equipamentos só devem ser ligados depois que a montagem estiver concluída. Após isso, deve-se evitar tocar na fiação ou substituir lâmpadas queimadas. O consumidor deve lembrar ainda que a decoração desperta a atenção das crianças que tendem, naturalmente, a querer tocar nos enfeites. Importante também não se esquecer de desligar toda a decoração elétrica ao sair de casa.

Recomenda-se também um cuidado redobrado ao usar os “pisca-piscas” em áreas externas, pois pode agravar os riscos de acidentes. Por estar mais vulnerável ao calor e à chuva, há mais riscos de choque elétrico e curto-circuito.

Em hipótese alguma, a iluminação deve ser feita por pessoas que estão com os pés ou mãos molhadas. O serviço deve ser feito por um profissional capacitado, evitando, dessa forma, o risco de acidentes, além da possibilidade de quedas.

Outra recomendação importante é que deve-se ficar atento, durante a instalação, à proximidade com os cabos da rede elétrica.

*Com informações da ASCOM/Coelba

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br