Galeria de fotos

Não perca!!

Cidade

Fila para entrega das fichas (foto/CFF/Marcelo Franco)
Fila para entrega das fichas (foto/CFF/Marcelo Franco)
A programação da Secretaria de Habitação (Sehab) era fazer, durante a Semana Global do Empreendedorismo (SGE), a distribuição das senhas para inscrição no programa Minha Casa Minha Vida 2, pela tarde, mas a procura foi tamanha que a equipe teve que alterar o atendimento para o turno da manhã.

A informação foi passada pelo secretário de Habitação, Djalma Machado. “Nós queríamos fazer o atendimento pela tarde porque depois essas pessoas poderiam visitar os stands, assistir as palestras, aprender mais sobre empreendedorismo e, quem sabe, se tornar um empreendedor, mudando suas vidas para melhor, mas o pessoal começou a dormir na fila... Tivemos que adiantar o atendimento”, declarou ele.

De acordo com o secretário, foram 2.000 senhas no primeiro dia e 2.600 no segundo. Outras 5.400 senhas estão reservadas para os próximos dias. “Mas ninguém precisa se preocupar porque se acabar nós iremos disponibilizar mais”, disse Djalma.

Antes de concluir, o secretário disse estar feliz com a repercussão do evento e fez questão de parabenizar a equipe: “Está tudo muito bom e a equipe está toda de parabéns, eles estão fazendo um trabalho ótimo”, destacou.

Fique atento:

Todas as senhas distribuídas vem com uma data impressa no verso. Essa é a data em que a pessoa deverá comparecer à Sehab levando toda documentação, mais o número do CadÚnico. Quem não tiver o número do cadastro, deve se dirigir à Secretaria de Ação Social.

Os critérios para seleção dos beneficiados serão os mesmos adotados na primeira edição, com três novidades: a renda familiar máxima subiu para Rid="mce_marker".600,00; os inscritos no programa Camaçari Sem Miséria terão prioridade, desde que não tenham moradia e estejam fazendo os cursos, e as mulheres não precisarão mais dos homens para assinar documentos.

A expectativa da Sehab é conseguir 6.000 moradias para 2014, mas Djalma acredita que esse número possa chegar a 10.000. Em relação ao modelo dos imóveis, também há novidades: eles serão adaptados para deficientes e virão com pisos e azulejos, além de serem apartamentos maiores que as plantas atuais.

 Djalma Machado, secretário de Habitação (foto/CFF)
Djalma Machado, secretário de Habitação (foto/CFF)

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br