Galeria de fotos

Não perca!!

Carlos Eduardo

Rachel Sheherazade pode pegar detenção de três a seis meses ou pagar multa, conforme prevê o Código Penal
Rachel Sheherazade pode pegar detenção de três a seis meses ou pagar multa, conforme prevê o Código Penal

Quando o jornalismo vira um risco... E aqui não se trata dos bons profissionais que se arriscam em busca de uma boa apuração e de outros colegas que acabam perdendo a vida na busca incansável pela boa notícia. Não! Este artigo é sobre quando profissionais, no auge de suas idiossincrasias põem em risco a informação e acabam prestando daninho desserviço à sociedade. Como no caso da jornalista Rachel Sheherazade... Isso mesmo, já estava caindo no esquecimento o caso que fora tão comentado país a fora!

Sheherazade, contratada do SBT de Sílvio Santos após ter um vídeo viralizado na internet, no qual faz críticas ao “capitalista” carnaval da Bahia, sobretudo, falou tanta asneirada disfarçada de opinião jornalística que ganhou uma a antipatia de colegas de profissão renomados e do “baixo clero”, como este que vos escreve, e, de quebra, está sendo investigada pela Justiça por fazer “apologia ao crime”.

O por quê? Ela opinou sobre o caso do jovem negro, desnudo, espancado e preso pelo pescoço em um poste, no Rio de Janeiro, dando a entender que aquilo era “legítimo”, numa sociedade onde o poder público “não cumpre seu papel”. A autora da ação, a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB), alegando que a colega jornalista, como formadora de opinião e ancora de um telejornal de repercussão nacional, “incitou à tortura e o linchamento”.

Na justificativa a parlamentar alerta para uma premissa que nós jornalistas aprendemos no primeiro semestre de qualquer curso de comunicação social que se preze: “Não se pode confundir liberdade de expressão com incitação ao crime”. Intolerância, ódio, incitação social, desrespeito aos direitos humanos... Algumas das tipificações que colegas e intelectuais dispensaram à Sheherazade após seus comentários?

Mas precisava de todo esse repúdio à jornalista do dono da Tele Sena? Tá, os desavisados podem se apressar em questionar isto. Não fosse só a aberração do comentário dela sobre este caso em análise, a profissional de imprensa disse o contrário sobre os atos de vandalismo, crime, uso de drogas e agressões do pop star Justin Bibier: “Ele é só um garoto, deixem ele se expressar”?

Rachel Sheherazade pode pegar detenção de três a seis meses ou pagar multa, conforme prevê o Código Penal. Mais do que isso, contudo, em uma sociedade que a banalização da vida está cada dia maior, jornalistas potencializarem o bom senso não seria nada mal, para evitar que atos como esta barbárie aqui relatada, independentemente da vítima ser ou não um “marginal”, precisa ser combatido, doa em quem doer... E por mais que seja “antiético” ou nada “cavalheiro” criticar um colega de profissão, este ato precisa sim ser denunciado.

Clique aqui e siga-nos no Facebook.

Carlos Eduardo Freitas, jornalista do CFF
Carlos Eduardo Freitas, jornalista do CFF

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br