Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Bahia

As respectivas contaminações ocorreram em um intervalo de mínimo de 90 dias (Foto: Reprodução)
As respectivas contaminações ocorreram em um intervalo de mínimo de 90 dias (Foto: Reprodução)

A Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana investiga mais de 40 casos suspeitos de reinfecção por Covid-19. As respectivas contaminações ocorreram em um intervalo de mínimo de 90 dias e foram detectadas através do exame RT-PCR.

De acordo com a médica Melissa Falcão, infectologista e coordenadora do Comitê Gestor de Controle ao Coronavírus, somente o diagnóstico apresentado pelo exame não é capaz de comprovar a existência de reinfecção. Seria necessário analisar se as amostras destes pacientes tratam-se de um vírus diferente.

A médica ainda alertou para infecções em pessoas que já haviam acusado à doença no início da pandemia ou nos meses seguintes, com um novo diagnóstico positivo em um intervalo maior do que os 90 dias.

“Inicialmente achamos que era uma algo com pouca frequência, mas vimos que isso acontece mais do que é relatado. Até o momento não conseguimos determinar uma genotipagem, já que as amostras iniciais estão com o Lacen”, afirmou Falcão.

Por fim, a infectologista ratificou sobre a importância das medidas preventivas, devido ao aumento de internações e alta taxa de ocupação. “Peço para que todos se cuidem, principalmente os jovens com saídas desnecessárias e aglomerações. Estamos com uma alta taxa de ocupação de leitos, que já chegou a 100% em um certo momento”, alertou.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br