Galeria de fotos

Não perca!!

Bahia

Tarsila, de 9 anos, sobreviveu a acidente; Carla não resistiu aos ferimentos (Foto: Reprodução)
Tarsila, de 9 anos, sobreviveu a acidente; Carla não resistiu aos ferimentos (Foto: Reprodução)

Técnica de enfermagem Carla Rios morreu no hospital; garota de 9 anos sobreviveu

Uma das cinco vítimas do acidente entre um micro-ônibus e um caminhão que matou cinco pessoas e deixou outras 10 feridas na noite desta segunda-feira (8) no km 364 da BR-324, entre Riachão do Jacuípe e Tanquinho, a técnica de enfermagem Carla Rios, 45 anos, ligou para uma irmã logo após a tragédia para dizer que ela e a filha Tarsila, que fez 9 anos sábado (6), estavam bem.

Segundo familiares de Carla, logo após ela dizer algumas palavras, a menina Tarsila assumiu o telefone celular e disse que a mãe tinha quebrado pernas e um dos braços. A técnica de enfermagem foi socorrida para o Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe, onde foi constatado que ela estava com hemorragia interna no abdómen.

“Imediatamente, ela foi transferida para o Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, mas quando estava sendo preparada para fazer a cirurgia foi a óbito, nem chegou a entrar no centro cirúrgico”, disse o estudante de medicina Roni Rios, 32, primo de Carla, que era divorciada do pai de Tarsila.

De acordo com o estudante, a menina não teve nenhum ferimento no acidente.

“Ela (Talita) foi levada para o Hospital Municipal de Riachão apenas para ficar em observação, mas vai sair hoje à tarde, e ficará com a gente”, informou Roni.

De acordo com informações da Prefeitura de Capela do Alto Alegre, o motorista do micro-ônibus residia na sede do município, Benício e José Mário no povoado de Vargem Queimada; e Eulália era natural de Capela do Alto Alegre, mas morava na cidade vizinha de Tanquinho.

A Prefeitura informou que entre os 10 feridos havia “algumas delas com escoriações pelo corpo, e outras com ferimentos mais graves”. O motorista do caminhão também ficou ferido, segundo informações da PRF.

“O micro-ônibus fazia transporte de pacientes e funcionários de Capela a Feira de Santana/Salvador para fazer exames, consultas e tratamentos oncológicos”, informa o comunicado oficial.

Devido à tragédia, a Prefeitura decretou luto oficial de três dias, e em solidariedade aos parentes e amigos das vítimas declarou que “também compadece e sente essa dor”.

“Lamentamos profundamente as perdas e nos colocamos à disposição das famílias para as ações de apoio que se fizerem necessárias. Registramos nosso carinho e solidariedade aos familiares, aos amigos e a toda a comunidade capelense neste momento tão difícil”.

A Prefeitura de Capela do Alto Alegre divulgou o nome dos feridos e onde estão as que ficaram internadas, mas não deu informações sobre o estado de saúde de cada uma delas. As que estão sem indicação de internamento já foram liberadas.

Veja abaixo a listas dos envolvidos no acidente que estavam no micro-ônibus:

Edirge Almeida Coelho – Internada no Hospital Geral Cleriston Andrade - (HGCA)

José Lino Bispo Souza - Internada no HGCA
Maria Petronilha Peixoto - Internada no HGCA
Reginaldo Gomes de Souza
Anadael Almeida Coelho
Jerilza de Souza Almeida
Nívia Maria de Souza Santana
Laudecir de Santana Gomes
Joanice de Oliveira Ramos Rios
Tarsila Rios

Carla era solteira e tinha apenas Tarsila de filha, com quem compartilhava momentos alegres nas redes sociais.

O acidente foi entre um micro-ônibus contratado pela Prefeitura do município de Capela do Alto Alegre, de 11 mil habitantes, e a um caminhão. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) havia informado que eram 13 feridos e não deu detalhes sobre como ocorreu o acidente, apenas que após a colisão o micro-ônibus capotou na pista.

A contagem das vítimas fatais e dos feridos (um deles, o motorista do caminhão) foi da Prefeitura de Capela do Alto Alegre, segundo a qual a maior parte das vítimas do micro-ônibus, que estava voltando de Salvador, tinha ido fazer exames e outros procedimentos oncológicos na capital e em Feira de Santana.

Carla, segundo a família dela, estava acompanhando os pacientes no ônibus – já a Prefeitura, informou que ela pegava uma carona. Ela morava no povoado de Ipiraí, a 10 km de Capela do Alto Alegre.

As vítimas fatais do acidente são Jânio do Prado Maciel, 56, motorista do micro-ônibus; José Mário dos Santos, 55, agricultor; e os aposentados Benício Guedes de Oliveira, 76, e Eulália Rodrigues Peixoto, 66.

Mortos no acidente: Jânio, motorista do micro-ônibus (de óculos), Carla, 45, Eulália, 66, José Mário, 55, e Benício Guedes, 76 (boné) (Foto: Reprodução)
Mortos no acidente: Jânio, motorista do micro-ônibus (de óculos), Carla, 45, Eulália, 66, José Mário, 55, e Benício Guedes, 76 (boné) (Foto: Reprodução)

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br