Galeria de fotos

Não perca!!

Bahia

Polícia Militar Ângelo Soares Portelo, baleado durante uma operação na localidade de Sucupira - complexo de Nordeste de Amaralina (Foto: Reprodução)
Polícia Militar Ângelo Soares Portelo, baleado durante uma operação na localidade de Sucupira - complexo de Nordeste de Amaralina (Foto: Reprodução)

O soldado da Polícia Militar Ângelo Soares Portelo, baleado durante uma operação na localidade de Sucupira - complexo de Nordeste de Amaralina -, está sendo protegido por colegas da corporação em horário de folga.  Baleado no rosto, ele está sedado e em coma induzido, no Hospital Geral do Estado (HGE).

“A reclamação da família é que nem sequer uma guarda foi colocada para ele. No HGE tem vários marginais acamados também. São os policiais que por conta própria que estão lá fazendo a guarda dele”, denunciou o deputado estadual e coordenador geral da Associação dos Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia (Aspra), Marco Prisco.

Portelo perdeu a visão de um olho e está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HGE. Ele passou por cirurgia na unidade e foi entubado. A previsão é que o soldado seja  retirado do coma neste sábado (30), segundo Prisco.

Insegurança

“A insegurança está total. É o quarto policial baleado em três dias. Tá faltando arma pro policial trabalhar, eles próprios estão comprando as armas. Eles continuam a morar em favelas, já que a proteção que a gente tinha (o crédito imobiliário junto à Conder), foi suspenso”, denuncia Prisco.

Ele revela que além dos policiais b

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br