Galeria de fotos

Não perca!!

Bahia

PRF escoltava, via corredores de segurança, os caminhoneiros que desejavam seguir
PRF escoltava, via corredores de segurança, os caminhoneiros que desejavam seguir

Motoristas poderão ter de pagar multas de até 100 mil reais por hora de paralisação; novo balanço mostra 616 pontos de aglomeração de caminhões nas estradas

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou no final da tarde desta terça-feira, 29, que autuou 176 caminhões que descumpriam, segundo a corporação, a decisão do Supremo Tribunal Federal de permitir a livre circulação das carretas pelas rodovias do país.

O número foi apresentado pela PRF e o Ministério da Defesa, durante mais uma rodada de balanços sobre o impacto da greve dos caminhoneiros na estradas.

De acordo com a autoridade rodoviária, as informações sobre os caminhoneiros autuados foram enviadas à Advocacia-Geral da União, que verificará as características de cada motorista e encaminhará para o STF a execução da decisão judicial: 100 mil reais de multa por hora de paralisação para os veículos que pertencem a transportadoras, e 10 mil reais por hora para os veículos de caminhoneiros autônomos.

Nesta última atualização, também foi informado que ainda existem 616 pontos de concentração de caminhoneiros nas estradas, todos eles parados nos acostamentos ou nos pátios de combustíveis à espera de uma escolta policial. “Estamos convencendo os motoristas que têm receio de seguir viagem que lhes daremos segurança”, afirmou o chefe do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas, almirante Ademir Sobrinho.

Veja também:

“Democracia corre risco real”, diz Celso Amorim ao Tutaméia falando sobre os caminhoneiros

Marco Aurélio: governo subestimou a greve dos caminhoneiros

Greve dos Caminhoneiros: Rui coloca Estado à disposição de Neto

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br