Galeria de fotos

Não perca!!

Bahia

Após suspeitarem de fraude em um bingo beneficente, os participantes ficaram revoltados e resolveram incendiar três carros que seriam sorteados no jogo, realizado em Feira de Santana. O caso ocorreu na tarde deste domingo (16), no bairro de São João, e terminou com duas pessoas conduzidas à 2ª Delegacia (Sobradinho) depois de confessarem que foram contratadas para a trapaça.

Os participantes que compraram a cartela começaram a desconfiar da fraude quando um dos supostos ganhadores gritou que havia ganhado o veículo Grand Siena – um dos prêmios do bingo. Ele informou que seria morador do bairro Feira VII. No entanto, questionado por alguns participantes, ele não soube informar o nome da rua em que residia. “Isso chamou a atenção das pessoas, que o apertaram para saber mais e ele acabou confessando”, conta a delegada titular Ludmilla Villas Boas.

O homem conduzido à delegacia foi Wanderson Walter Danilo Lima, 27, que confessou ter recebido R$200 para fingir ser o ganhador do prêmio. Além dele, Ed Carlos Souza Silva, 26, também suspeito de ter participado da fraude, foi levado à delegacia. “Eles confirmaram que vieram da cidade de Paulo Afonso (a 368km de Feira de Santana) e que teriam sido contratados por um homem conhecido como Jailson. Não sabemos se mais pessoas foram contratadas para simular, mas há suspeita de que estejam agindo em outros municípios”, adianta a delegada.

Ainda segundo a titular, até o momento ninguém esteve na delegacia para reclamar a posse dos veículos. Além do Grand Siena, estavam sendo sorteadas uma S-10, uma Frontier, duas motos e R$2.000. “Quando há fraude desse tipo, eles costumam comprar os veículos de pessoas comuns, pedem um prazo de pagamento, e os passam adiante. Normalmente, os proprietários também são vítimas. Todo mundo perde, só quem ganha é o dono do bingo”, explica.

Ontem, muitas pessoas presentes no sorteio estiveram na delegacia para registrar queixa, mas nenhuma vítima apareceu nesta segunda-feira (17). As pessoas pagaram R$15 pela cartela do jogo e alguns participantes chegaram a comprar mais de uma.

Os organizadores do evento não foram identificados e nem localizados. A polícia continua em busca. Os detidos foram liberados, mas serão novamente chamados para depor. O caso será investigado pelo Setor de Defraudações da delegacia e seguirá sendo apurado pela delegada Cleonice Morais. Na confusão, o Corpo de Bombeiros precisou ser acionado para conter o fogo dos veículos.

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br