Galeria de fotos

Não perca!!

Bahia

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), que deveria partir às 2h deste sábado (4) da Base Aérea do Recife para a de Salvador, teve o voo cancelado na noite desta sexta-feira (3), por causa de uma pane no sistema hidráulico. O problema foi detectado durante os preparativos para a decolagem. Esta seria a terceira viagem feita pela mesma aeronave, que transportou, ao longo do dia, 256 militares da capital pernambucana para a Bahia.

De acordo com o tenente Cláudio Gomes, o Boeing 707 KC137, modelo que já foi usado em viagens presidenciais e é apelidado de "sucatão", estava sendo preparado para retornar ao Recife, após levar um grupo de militares a Salvador, quando apresentou a falha. "O avião estava passando por revisão de rotina, quando foi detectada uma pane no sistema hidráulico. Agora, estamos esperando uma peça ser transportada por outro avião do Grupo de Transporte Aéreo do Rio de Janeiro para o conserto da aeronave", explicou. Segundo o tenente, o serviço deve ser feito na manhã deste sábado. O novo voo ainda não foi remarcado, mas está previsto para própria manhã de sábado.

O Boeing levaria 140 militares de diversos batalhões de Pernambuco para reforçar o patrulhamento de Salvador, que enfrenta greve da Polícia Militar. Os homens iriam se unir ao efetivo que já desembarcou na cidade baiana, em viagens realizadas às 13h e 18h30 desta sexta (horário de Brasília) - 134 e 122 militares foram transportados no primeiro e segundo voos, respectivamente. Eles seguiram para realizar policiamento nas regiões da Paralela e Iguatemi, abarcando a Avenida ACM, na capital baiana.

A atuação do reforço no policiamento em Salvador foi definida durante reunião ocorrida na tarde da sexta entre comandantes e chefes de segurança pública, com representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, além da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), informou o tenente-comandante Cunha, oficial de comunicação da Região Militar.

A greve de parte dos PMs foi decretada na noite de terça-feira (31). A Secretaria de Segurança Pública da Bahia estima que um terço do efetivo total, de 31 mil policiais, esteja parado. Os grevistas são vinculados à Associação de Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia (Aspra), que organiza a mobilização, e desobedecem ordem judicial que determina retomada às atividades.

FAB
Aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) estão fazendo o transporte de 1,4 mil homens e mulheres da Força Nacional de Segurança e do Exército Brasileiro para Salvador, na chamada Operação Bahia. O primeiro voo partiu de Brasília, na última quinta-feira (2), levando 150 policiais da Força Nacional. Ao longo da sexta (3), foram transportados 150 militares da Brigada Paraquedista do Exército da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro; 50 policiais da Força Nacional do Primeiro Esquadrão do Décimo Quinto Grupo de Aviação (1º/15ºGAV), de Campo Grande (MS); e 256 militares do Exército da Base Aérea do Recife.

Neste sábado (4), a FAB deve deslocar mais 35 policiais da Força Nacional de Altamira para Salvador. Também para este sábado está prevista a partida de Natal (RN) de mais um voo do KC-137 com 150 militares do Exército, chegando às 13h na capital baiana. Outros voos transportando militares devem ser programados.

Além disso, a FAB designou 400 militares para cuidar do funcionamento regular dos aeroportos públicos em todo o estado da Bahia. Até a noite deste sábado, 1.170 militares e policiais serão transportados pela FAB para auxiliar o policiamento na Bahia. As informações são do G1.

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br