Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner
Bahia
Em: 05/01/12 - 14:17

Três pessoas ficam feridas em explosão em fábrica

Três pessoas ficaram feridas em uma explosão da caldeira da fábrica Sabão Belo Cheiro, em Feira de Santana, nesta quinta-feira (5). De acordo com o diretor da empresa, Gilberto Santana, os funcionários José Martins, Ademilson de Jesus e de outro identificado apenas pelo prenome João estavam próximo ao equipamento quando houve a explosão.

Leia mais...
 
Em: 05/01/12 - 06:52

Polícia destrói 16 mil pés de maconha no município de Curaçá

Polícia Militar destrói 16 mil pés de maconha no município de Curaçá

Também foram apreendidas 1,5 kg de sementes de maconha, que seriam usadas para plantar a erva

A polícia destruiu, na manhã desta quarta-feira (4), 16 mil pés de maconha na Fazenda Curral Velho, no município de Curaçá, a 592 km de Salvador. Afonso Sá dos Santos, dono da propriedade foi encontrado no local e preso.

Leia mais...
 
Em: 04/01/12 - 15:30

Placa de vidro despenca do teto de shopping em Salvador

A placa caiu da estrutura próximo a uma escada rolante

Os clientes do Salvador Shopping passaram por um grande susto na tarde desta terça-feira (3).

Leia mais...
 
Em: 04/01/12 - 15:04

Após saída temporária, 20% dos detentos não retornam a presídios de Salvador

Todos saíram dos presídios por serem considerados detentos de bom comportamento e agora são considerados foragidos da Justiça

Leia mais...
 
Em: 04/01/12 - 14:20

Polícia realiza buscas por suspeito de participação na morte de PM

Veículo onde soldado estava quando foi abordado por assaltantes vai passar por perícia

Soldado Cléber Souza Moreira, 36 anos, foi morto em frente a uma oficina mecânica em São Cristóvão

Um quinto suspeito de participação no assassinato do soldado Cleber Souza Moreira, 36 anos, ocorrido na terça-feira (3), em São Cristovão, está sendo procurado pela polícia. Dois suspeitos foram presos e dois morreram durante operação na tarde de ontem, na região do Loteamento Jardim Cidade Nova.

Átila Anjos dos Santos, 21 anos, e Vinício do Vale Santos, 24 anos, foram surpreendidos com três pistolas 380. Conduzidos à 27ª Delegacia Territorial (DT/Itinga), eles foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma, formação de quadrilha e resistência à prisão.

Segundo a Polícia Civil, Átila, Vinício e outros três suspeitos estavam escondidos na localidade conhecida como Lavanderia e ao perceberem a chegada dos policiais reagiram atirando.

Durante o confronto, o investigador Antônio Marcos dos Santos, 43 anos, lotado na 27ª DT, foi atingido no antebraço. Socorrido ao Hospital do Aeroporto, em Lauro Freitas, ele foi medicado e liberado.  

Alisson Gonzaga dos Santos e Jeferson Henrique Lopes Santos, o “Baleia”, também suspeitos de envolvimento na morte do PM acabaram baleados na troca de tiros. Encaminhados ao Hospital Menandro de Farias eles não resistiram aos ferimentos e morreram.

O quinto suspeito também foi alvejado no confronto, mas conseguiu fugir.

Crime
O soldado Cléber Souza Moreira, 36 anos, foi atingido por sete tiros na cabeça, no peito e no braço por três homens, em frente a uma oficina mecânica na Rua Bela Vista, em São
Cristóvão.

Segundo o delegado Antônio Cláudio Oliveira, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Cléber estava dentro do carro quando foi abordado pelos bandidos, que conseguiram tomar suas duas armas. O PM ainda conseguiu sair do carro e tentou fugir, mas foi atingido por mais disparos e caiu morto na calçada, já na Avenida São Cristóvão, a principal do bairro.

O PM morto, que era lotado na 48ª CIPM, em Sussuarana, morava em Itapuã e o DHPP não descarta a possibilidade dos assassinos já saberem que Cléber era policial. Seu carro, uma S-10 preta, foi encaminhado para perícia. No local do crime, a polícia encontrou capas de
projéteis 9mm.

Em nota de pesar, a Polícia Militar informou que o soldado Cléber Moreira estava há 14 anos na corporação. O corpo do PM foi sepultado na tarde desta quarta-feira (4) no Cemitério do Campo Santo, na Federação.

 
Em: 04/01/12 - 08:07

Obras de 7 mil casas do Minha Casa, Minha Vida estão paradas

As duas construtoras atendem, principalmente, contratos para famílias com renda de até três salários mínimos

Cerca de 7 mil unidades do Minha Casa, Minha Vida (MCMV) estão com as obras paralisadas na Bahia, por conta das construtoras Prime e RCA. Nesta terça (3), o diretor executivo de habitação da Caixa, Teotonio Rezende, esteve em Salvador para tentar resolver a situação.

Leia mais...
 


Página 1189 de 1197

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br