Galeria de fotos

Não perca!!

Antonio Franco Nogueira

'E ainda destes tomarás alguns, e os lançarás no meio do fogo e os queimarás a fogo; e dali sairá um fogo contra toda a casa de Israel'.  Ezequiel 5:4
'E ainda destes tomarás alguns, e os lançarás no meio do fogo e os queimarás a fogo; e dali sairá um fogo contra toda a casa de Israel'. Ezequiel 5:4

Eu já havia sido advertido sobre determinada pesquisa que tenho feito acerca do artifício que Satanás tem usado para derrubar o crente, visto o tamanho do sucesso (a queda dum mar de irmãos) que o 'kramuhão' tem obtido com seu intento. Mas, esquecido dos avisos sobre as vias das minhas buscas, tendo na tarde passada mais uma vez buscado respostas por tais vias e ainda que prometido que não o faria mais [num dos próximos textos devo falar a esse respeito, e você verá que nem sempre o que nós pensamos não ser mal não garante que não o seja; e que, em se tratando com Deus, a obediência vale mais do que qualquer tesouro. “Uzá que o diga”, como em l a Samuel 6; 6 ,7], ao me deparar repetindo as buscas, e me tocar do erro, e orar por perdão, quero dividir com você, e com alegria apesar do temor e do arrependimento, como Ele me respondeu:

Sonho que disparo um tiro, porem meio que acidentalmente, com uma espingarda de ar comprimido, cuja munição é um grão de chumbo, tipo um caroço de feijão, bem no peito dum amigo que estava a uma certa distância de mim. É quando, em completo desespero, e observando a região do ferimento, tento com toda urgência levá-lo ao hospital. E ponto.

“Você feriu o meu coração!!!”.

Foi assim que Ele me revelou o sonho. A revelação, apesar do sério que representa minha desobediência, me alegrou sobremaneira por saber que meu Senhor me tem como amigo. Por isso Ele botou um amigo meu e não uma pessoa comum na cena do sonho, mesmo que eu atirando ainda que por acidente no peito dele. E isso, que muito pode falar com você, que está sendo exposto aqui, logo na entrada do texto, é para te dizer que não perca nada do que será aqui disposto, por poder representar, vá saber, que Ele quer – e se já tiver Ele pode estar querendo renovar, que você ocupe duma vez por todas o lugar de amigo/a reservado à sua pessoa no Seio d’Ele, além de te advertir que esteja sempre atento aos incidentes que podem te levar a ferir o Seu coração.

Eu gosto muito de usar o termo ‘panela e tampa’ quando uma coisa atribuída à outra faz sentido. Tipo uma mensagem pregada quando ela está amparada pelas Escrituras. E não se dará diferente nesse texto, que aliás traz uma outra visão que tive numa noite recente, em que ouvi Jesus dizer exatamente assim: “Ele (ou alguém) optou por não viver”, que também, claro, encontra base nos escritos sagrados, e que muito pode dizer respeito exclusivamente a você, se sua pessoa chegou até aqui e tem, mesmo que ainda nem saiba, negócio com o Céu; para que seja esse não um ano novo de futilidades, como de satisfações efêmeras, mas de NOVIDADE DE VIDA.

Antes preciso que você pare a leitura e ouça o áudio no link logo aí à baixo, onde uma serva de Deus, mulher com quem Ele tem estreito negócio – sim, Jesus não estreita laços com todos, se inteire disso, muito menos com àqueles que não tem o coração completamente n’Ele. Ele, por misericórdia, fala com todos porém estreitamento de Laços somente com quem O adora em espírito e em verdade (João 4; 24), logo com aqueles, antes que buscam entender sobre Sua santidade para imitá-Lo, mas também que entendem as mazelas naturais que nos são impostas, sem murmurações, como Ele mesmo nos deixou avisados que experimentaríamos. Aliás, se você anda distraído/a disso, e reclamando tipo: “Deus está calado comigo”, isso pode estar se dando justamente por causa da sua distração do seu dever, quando não por causa da sua rebeldia e ainda por sua apostasia, o que você pode ver o resultado que esses podem estar experimentando, em Miqueias 3; 1-7.

Ouça o áudio, de seis minutinhos, da reação dessa irmã, que chora e treme enquanto fala, notadamente tocada pelo Espírito, sobre a leitura do texto “Um cemitério na igreja”, e da revelação duns sonhos que ela e o esposo receberam do Espírito Santo - sim, do Espírito de Deus posto não ser dado a homem qualquer entender Seus enigmas quando Ele nos vem em sonhos, onde em quatro sonhos, dois deles em 2017, os está advertindo amorosamente sobre questões espirituais envolvendo o ministério ao qual os dois pertencem, que não me seria possível saber, ainda mais que são de outro estado, o que não falarei aqui por razões óbvias, e depois volte, e não deixe de voltar, à leitura do texto. Que nele falarei da sua pessoa, de você, exclusivamente.

Áudio. (Ouça mesmo que as palavras dela, somado ao estado emocional sobre sua situação no ministério e na vida comum frente ao que Jesus espera de nós, falará, além de que mexerá, muito com você)

Ouviu? Agora se recomponha e observe o que Jesus vai te falar por esse pobre servo que te escreve. Que o que te trarei nesse texto serão informações tremendas sobre textos bíblicos que, vá saber, você ainda não compreendeu, nem muitos dos que a você tem pregado, mas que muito deve te fazer refletir e, esperamos, o Espírito Santo e eu, que você, se te cabe, repense o evangelho que se tem ensinado e você aprendido. Sim, dessa vez não te trarei um texto cheio de sonhos nem de revelação de sonhos, mas de revelações do que está escondido “por detrás das letras”, que, como disse, Jesus reservou para os que o buscam em espírito e em 'carne' para que seja trazido aos privilegiados, como sua nobre pessoa que, como disse, certamente que, edificado, terá passos mais firmes e pernas e braços mais soltos para compartilhar com um tanto maior as boas novas que Ele nos tem mandado disseminar - "Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura", lembra?

(...)Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas. Amós 3:7.

Calma, não ‘atire’ ainda, que não estou me auto intitulando profeta. A passagem, conforme te falei mais acima, é só para te mostrar o zelo de Jesus por você, como alertando que quando Ele for vir com o cinto na mão, Ele, Ele mesmo, do mesmo modo nos advertirá - como um pai que, antes de dar umas cipoadas adverte o filho para que calce as sandálias por saber que naquele terreno ‘tem vidro’.

Seguindo, e muita atenção partir daqui, falando em desobediência, e ainda em engano, vamos refletir sobre a passagem à baixo e ver juntos se ela se refere ao que o pregador, no sentido genérico da palavra, está acostumado a dizer, e você a acreditar, que se trata que um crente não deve “andar” com um descrente, por exemplo, cabendo ainda, o que não é comum se pregar, você não congregar numa igreja que não fale a verdade se você busca a verdade – mas apesar de fazer certo sentido, porém sem fidelidade ao que o texto quer de fato dizer, como Jesus me mostrou enquanto eu meditava na Escritura:

(...)Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo? Amós 3:3.

Ao levar um tombo, pelo costume das pregações que eu já havia visto, quando o Espírito me disse o que de fato a passagem quer realmente nos mostrar, imediatamente voltei ao versículo acima, e pimba! Então fui tomado por um misto de gozo e interrogação. Gozo pelo presente com que Jesus acabara de me agraciar, e interrogação por pensar em como um monte de pregador ainda não teve esclarecimento disso (e fui cutucar o Youtube achando, naquele universo de oradores, na pesquisa que fiz, apenas um falando a verdade).

E qual é a verdade? Que o texto está se referindo a Deus e a seu povo, ou seja, cabe dizer que trata-se d’Ele falando comigo, ou d’Ele falando com você, sobre que devemos estar DE ACORDO com Ele e Ele de acordo com o que estamos vivendo. Ou então, claro, Ele não andará conosco! E como Ele é quem manda, ou nós O obedecemos ou estaremos caminhando sozinhos. Sacou? Vê que terrível? Ou por que razão você acha que está registrado que Moisés recusou seguir com o povo se Deus não fosse, Ele próprio, com eles? (...)Se a Tua Presença não vai comigo, não nos faça subir deste lugar, conforme em Êxodo 33:15? E isso deve cair como uma bomba sobre não poucos dos altares que se encaixem em Miqueias 3; 1-7, para com quem o Senhor está calado; deixou de andar com os tais faz tempo, não tenho dúvida, sabido que se é, para os minimamente atentos, que pau torto disfarçado de mourão é o que não tem faltado por detrás e pela frente de não poucos púlpitos.

Entretanto, porém, todavia...

(...)Não é este o carpinteiro, filho de Maria, e irmão de Tiago, e de José, e de Judas e de Simão? e não estão aqui conosco suas irmãs? E escandalizavam-se nele. Marcos 6:3.

Quando meditando noutra ocasião nessa Escritura, e refletir nas palavras dos fariseus, conforme a passagem acima, que insistiam em desmerecer a Jesus, eis que mais um presente me foi dado. E, de novo, na busca por mais pessoas a quem Ele houvesse dado o mesmo entendimento, como na revelação de Amós 3, encontrei apenas uma falando com fidelidade a respeito da passagem. O que deve ser não pouco preocupante.

Sabemos que em toda a Bíblia somos chamados de árvores (...)E, levantando ele os olhos, disse: Vejo os homens; pois os vejo como árvores que andam (Marcos 8:24) como exemplo simples (em que Jesus cura um cego, e se você se permitir, se não consegue vê direito, poderá também enxergar melhor) e é, conforme Ele mesmo me disse, por essa razão que Ele veio como um Carpinteiro: para nos moldar à Sua maneira. O carpinteiro, aliás, relembrando o “não andarem dois juntos se não tiverem de acordo”, trabalha a madeira para que ela tome a forma que Ele deseja. Por isso que Ele é um Carpinteiro e não um padeiro, ou outra coisa qualquer. E por isso tanta alusão à árvores quando se é referido ao povo. Lembra dos “bons frutos”, de João 15? Pois é. Aliás, na passagem em João 15 Ele se refere a frutos como boa Conduta, NOVIDADE DE VIDA, antes doutra coisa, como muito se tem pregado.

(...)No primeiro dia vocês apanharão os melhores frutos das árvores, folhagem de tamareira, galhos frondosos e salgueiros, e se alegrarão perante o Senhor, o Deus de vocês, durante sete dias. Levítico 23:40.

Isto que você lê na passagem acima, também é uma metáfora sobre o que estamos falando. Jesus sempre falou por parábola e se você, que lê a Bíblia como um livro de história, ainda não entendeu que as parábolas são para que nos esforcemos na leitura bíblica para entendermos Suas mensagens - aliás, mensagens que muito nos quer dizer sobre que a passagem para entrarmos no Seu Reino não é uma fé de quitanda mas uma fé de verdade, conforme não se tem feito acreditar num sem-número de pregações (tipo 'pela graça sois salvos, de Efésios 2; 8, sem que não se passe o olho no verso 10). Se você ainda não percebeu isso e naturalmente também não que as ordenanças embutidas nelas, é por que você pode estar na ruma de madeira que o carpinteiro dispensa por não servir para nada. Claro que o carpinteiro não descarta toda madeira que não serve para fazer um bom telhado, uma boa porta ou um bom móvel. Ele certamente olha bem as partes que não dão para coisas melhores para ver se ao menos se pode fazer um banquinho ou uma tábua de carne que seja. Mas há aquele material rude, duro, tomado de nó e cheio de manchas que para nada serve. Agora, se te cabe, com isso na mente, busca ali naquela gaveta um remédio pra dor de cabeça enquanto matuta sobre se ele, o carpinteiro, guarda o refugo de madeira no depósito ou joga no fogo no final do expediente... 

“Sê tu uma benção...” foram palavras do próprio Deus para Abraão, conforme em Gênesis 12, implicitamente, ou não, a depender da compreensão, como condicionante para que ele viesse a ser o pai duma grande nação - ainda que se trate aquilo duma DIRETA para nós outros. Doutra forma, por que a frase está no fim do versículo? Outra coisa que deve chamar a nossa atenção é a afirmativa de que Jesus abençoaria os que o abençoarem e amaldiçoaria os que amaldiçoassem o servo d’Ele. E se você observar bem Ele não está dizendo que amaldiçoaria ‘o ímpio’ que amaldiçoasse Abraão. O que quer dizer que Ele está falando comigo e com você, que devemos abençoar e não amaldiçoar o nosso irmão. Agora, como aqueles que tem mais facilidade de odiar do que de amar, ou ainda, de execrar do que de perdoar o irmão, vai se livrar da fogueira do carpinteiro, se Ele já nos havia advertido tipo: “Olha - sê uma benção - seja ao menos um banquinho para descanso das pernas do teu irmão e da tua irmã?”. Aliás, como Abraão já morreu e nele “todas as famílias da terra” ainda não são benditas, e Jesus não mente, antes sempre cumpre Sua palavra, já te deu ao caso de que isso vai se cumprir no milênio e ainda aqui nessa terra antes de Deus a destruir (Isaías 65; 20-25), e que isso deve alimentar nossas esperanças e nos manter firmes, servindo ao nosso irmão ao menos como uma tábua de carne, para podermos então participarmos de tudo? Quer dizer, como tábua de carne talvez de tudo não, mas da salvação sim...

Seria comum e até compreensível, dado os afago de ego a que você está acostumado/a, se o/a nobre estiver aí reclamando que eu “só dou pegada” nos meus textos. Mas olha: primeiro os textos me são dado a escrever por Quem te ama e não quer, não servindo você nem para uma tábua de carne, te jogar no fogo; e segundo é que é bem melhor que você esteja sendo chamado/a atenção agora do que vir o Carpinteiro te colocar num cantinho qualquer fora da Carpintaria, para ao final do expediente de fato te jogar numa fogueira. Então, ore por mim ao invés de me amaldiçoar. E vem cá, que é o que está no verso 03 aí à baixo que eu estou atrás:

(...)E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro.

E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.

Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente
. Daniel 12: 1, 2, 3.

Inclusive, sobre nome escrito no Livro, e já que te falei que a temática do texto de hoje seria revelações que tenho recebido nas Escrituras, outra que está na pauta é o que diz o versículo 19 do capítulo 30 do livro de Deuteronômio, como à baixo:

(...)Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, Deuteronômio 30:19.

(Com efeito, quando Ele diz sobre viver "tu e tua descendência", é com o cumprimento dessa ordenança que Ele se refere:

(...)Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças.

E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração;

E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. Deuteronômio 6:5-7).

Sigamos

Antes te fazendo lembrar que quando Ele fala “os céus e a terra”, Ele diz também desse texto que você está lendo, posto a minha pessoa ser parte “dos céus e da terra”, e que nesse momento um Anjo está registrando tanto sua imagem aí sentado/a quanto os pensamentos que você está desenvolvendo enquanto lê (veja Jeremias 23; 24), quando o Espírito me mostrou o que está escondido no fato de que a proposta é a vida e a morte e não a vida OU a morte, apesar da angustia dado a tanto crente cara pra cima com que tenho “me batido” e o perigo que essa turma corre, me invadiu uma alegria muito grande uma vez que, e de novo chamando atenção para o problema em se esquecer de meditar sobre (...)Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas, conforme Efésios 2:10, pondo no coração somente a graça pela qual somos salvos, do verso 8 do mesmo capitulo, desde a minha conversão que venho sendo visitado por Deus, que sempre me diz a propósito da responsabilidade sobre nossos ombros, já que O carregamos dentro de nós, para quem de fato O carrega, e fala em nome d’Ele.

O fato é que se a proposta fosse a vida OU a morte toda as Escrituras estariam perdidas uma vez que a opção era UMA OU OUTRA, o que estaria dizendo que, se o sujeito escolhesse a vida ele jamais poderia chegar à morte ainda que ele fosse um crente chutador de balde, tipo aquele que diz e faz tudo o que Deus não mandou que ele dissesse e muito menos fizesse - tornando nulo o que você acaba de ler em Efésio 2; 10, baseado/a em que “se o preço já pago já foi pago ora essa”! Entendeu? E o que isso quer nos dizer também? Que quando lemos, com atenção zelo e reverência as Escrituras, Ele nos revela o seu oculto, o profundo e o escondido por que Ele está vendo em nós tanto o respeito devido quanto a vontade de conhecer sobre Ele, como aliás é ordem d’Ele mesmo.

(...)Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas,
Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me entender e me conhecer, que eu sou o Senhor, que faço beneficência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o Senhor.
Jeremias 9:23,24.

Toda a Bíblia, com seus 66 livros, pelo menos conforme os evangélicos protestantes, é composta de tudo o que nos é bastante para que não nos desviemos da salvação, e está cheia de metáforas, parábolas e chaves, que dependem de o Espírito Santo nos revelar para que a conta feche em muitas e determinadas passagens, e foi Ele mesmo que, depois de chamar minha atenção para o que está embutido em Deuteronômio 30; 19, me mostrou a tampa daquela panela, em João 1, e me deixou muito feliz porem por demais apreensivo, conforme tenho avisado, inclusive pelo próprio Jesus, conforme o texto, “A Graça. Ele me cobrou que te advertisse”, com o entendimento de que pela graça somos salvo e ponto final, sem que se busque inteirar do quão sério é essa Graça e as consequências da negligencia a isso.

Agora veja isso:

Em João 1; 47 (...)Jesus viu Natanael vir ter com ele, e disse dele: Eis aqui um verdadeiro israelita, em quem não há dolo. Logo em seguida, depois de Natanael retrucar de onde Jesus o conhecia para dizer aquilo sobre ele, mas em seguida dizer que Jesus era sim o Filho de Deus só por Ele ter dito que antes de Natanael, que até aquela hora ainda não era apóstolo, chegar ali Ele o tinha visto debaixo duma figueira - certamente por que estava num lugar distante das vistas, então ouviu de Jesus que ele, “um verdadeiro israelita, em quem não havia dolo”, se impressionara com a visão mas que “coisas maiores do que estas verás”, o que tem levado muitos a crerem e pregarem que Jesus estava se referindo aos milagres que Natanael veria Ele fazer durante o Seu ministério aqui na terra. Mas não foi isso que Ele me revelou. O que Ele me disse foi que Ele estava se referindo a que, árvore de boa madeira (sem dolo - ou sem mentiras), como um que não somente escolhe a vida mas que busca se manter no caminho dela, Natanael seguramente estaria na Glória, onde coisas maiores lhes seria revelado. Captou?

Agora, sendo Ele rigoroso com os próprios filhos legítimos, como bom judeu que Natanael era, crendo imediatamente n’Ele, e feito a observação da importância de se ser uma pessoa “sem dolo”, o que não será exigido dos filhos adotados, como somos nós? Quererá Ele andar, conforme o que de fato quer dizer Amós 3; 3, com alguém em quem há dolo? Quererá Ele andar com alguém que escolhe a vida mas depois, com suas próprias pernas, alargam passos para a morte?

Porém, para sua maior reflexão, preciso fechar com a experiência que vivi, e que dividi com você ao abrir o texto, te fazendo a seguinte pergunta, sobretudo a você da “graça de graça”, te trazendo a que também se responda o porquê do ocorrido com o casal, Ananias e Safira, já que ambos viviam já no tempo da Graça, conforme em Atos 5: Eu, que vivo diuturnamente trabalhando para o Evangelho avançar e buscando descobrir sempre mais, de todas as formas que me é disponibilizado; que não vive pecando como se fosse uma profissão, antes sendo um que vive, com todos o defeitos que tenho, com os olhos esbugalhados para buscar se precaver das bandejas de Satanás; que faz das Escrituras sua companheira do acordar ao dormir; que teme e treme com a possibilidade de meu Senhor rejeitar “andar junto comigo”; que tento evitar que Ele me ache no grande dia como um em quem haja dolo;  e que busca servir em Suas mãos ao menos como madeira que preste que seja para um banquinho que descanse as pernas de alguém, por que terá sido que por uma simples desobediência, apesar de me chamar de amigo, Ele teria me dito que eu feri Seu coração – principalmente se a visão onde Ele fala que “ele optou por não viver” estiver falando comigo, senão para te advertir, já que é ordem d'Ele mesmo que eu escreva as visitações que Ele me faz, a que um monte acorde pra vida, ainda mais, sem esquecer do crente gado, no ouvido dos quais Ele veio a mim e mandou que eu tocasse a trombeta, conforme no texto “Fui mandado tocar a trombeta. Portanto, acorda Igreja!”, e do chutador de lata, o que não caberá também ao que tem levado o Evangelho do seu jeito; que tem explorado Suas ovelhas, ou é uma ovelha apenas vestida como ovelha mas que na verdade é um lobo, quando não um cão feroz e indomável que se faz parecer um bichinho desdentado mas cujas presas são mortais? Pois é, se isso é contigo, espero que ainda haja algum comprimido pra dor de cabeça naquela gaveta...

Mas Jesus é bom, e conforme Ele mesmo disse, Ele veio (...)A ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê glória em vez de cinza, óleo de gozo em vez de tristeza, vestes de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantações do Senhor, para que ele seja glorificado. Isaías 61:3.

Mas Ele disse também que (...)E o servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites; Lucas 12:47.

[Mande o texto para quem você ama]

Shalom.

Antônio Franco Nogueira – a serviço do Reino eterno.

Aqui mais textos do autor.

Diretor do CFF, Antonio Franco Nogueira
Diretor do CFF, Antonio Franco Nogueira

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br