Galeria de fotos

Não perca!!

Antonio Franco Nogueira

'(...)E disse-me: Filho do homem, eu te envio aos filhos de Israel, às nações rebeldes que se rebelaram contra mim; eles e seus pais transgrediram contra mim até este mesmo dia. E os filhos são de semblante duro, e obstinados de coração; eu te envio a eles, e lhes dirás: Assim diz o Senhor DEUS. E eles, quer ouçam quer deixem de ouvir (porque eles são casa rebelde), hão de saber, contudo, que esteve no meio deles um profeta.', Ezequiel 2:3-5
'(...)E disse-me: Filho do homem, eu te envio aos filhos de Israel, às nações rebeldes que se rebelaram contra mim; eles e seus pais transgrediram contra mim até este mesmo dia. E os filhos são de semblante duro, e obstinados de coração; eu te envio a eles, e lhes dirás: Assim diz o Senhor DEUS. E eles, quer ouçam quer deixem de ouvir (porque eles são casa rebelde), hão de saber, contudo, que esteve no meio deles um profeta.', Ezequiel 2:3-5

(...)Esconder-se-ia alguém em esconderijos, de modo que eu não o veja? diz o Senhor. Porventura não encho eu os céus e a terra? diz o Senhor. Jeremias 23:24.

O termo Prostituição, no que se refere a tudo que lhe envolve, sempre foi um dos dois – o outro é Idolatria, principais mais usado por Deus para apontar a via pela qual vem à desobediência o povo d’Ele frente à Ele sobre Suas ordenanças desde que ‘o mundo é mundo’. De Gênesis à Apocalipse vê-se a citação da palavra Prostituição como termo que indica que por esta prática muitos verão, e sentirão sobre seus lombos, a ira implacável do Criador sobre àqueles que escarnecem do Seu santo nome. E isto primeiro dentre o próprio povo d’Ele, e só depois sobre àqueles que não O conheceram.

(...)O qual recompensará cada um segundo as suas obras; a saber:

A vida eterna aos que, com perseverança em fazer bem, procuram glória, honra e incorrupção;

Mas a indignação e a ira aos que são contenciosos, desobedientes à verdade e obedientes à iniquidade;

Tribulação e angústia sobre toda a alma do homem que faz o mal; primeiramente do judeu e também do grego; Romanos 2:6-9.

A palermice de tantos, e aqui me refiro aos de conhecimento, que dizem professar a Jesus Cristo, em achar que Deus nem a tudo vê, mesmo sabendo do disposto na passagem que abre esse texto - se é que alguns muitos de fato a conhecem, posto que pelo tanto que lê a Bíblia essa gente, vá saber, pode até ter sido agora pego de surpresa com a passagem, certo como dois e dois são quatro, irá leva-los a perceber que não se mede Deus conforme nossa estatura. Quando então, quando virem Ele passando tudo na cara, será deveras muito tarde, e por isso Ele pela boca dos profetas tanto tem avisado para que afastemo-nos do mal. E afastemo-nos do mal MESMO.

(...)Quando vês o ladrão, consentes com ele, e tens a tua parte com adúlteros.

Soltas a tua boca para o mal, e a tua língua compõe o engano.

Assentas-te a falar contra teu irmão; falas mal contra o filho de tua mãe.

Estas coisas tens feito, e eu me calei; pensavas que era tal como tu, mas eu te arguirei, e as porei por ordem diante dos teus olhos:

Ouvi pois isto, vós que vos esqueceis de Deus; para que eu vos não faça em pedaços, sem haver quem vos livre. Salmos 50:18-22.

Ah, mas ainda tenho um tempo, talvez pense, levado/a pelo trecho de advertência da passagem acima -  (...)para que eu vos não faça em pedaços. E então siga-se o curso da “folia” pois que Deus é perdoador. Pode ser que seja sua conclusão. E você estaria certo: Deus é perdoador e misericordioso também, caso você tenha esquecido. Mas outra coisas de que não podemos jamais esquecer, é que Ele é também Santo! E de que Sua santidade O faz tão puro, que Seus olhos não podem contemplar – ver - o mal. Conforme em Habacuque 1;13.

Jesus Cristo sabe que o homem, pecaminoso que é por natureza – e eu já vivi bem sobre do que estou falando, não precisa de ocasião para praticar o mal e como Ele não tem prazer na condenação das almas, me traz aqui para te advertir do motivo de que você nem precisa ter para pecar e que assim sendo o/a caríssimo/a, se lhe cabe, obvio, não vai deixar passar ao largo uma ocasião do tamanho que é a festa que se aproxima, onde “ninguém é de ninguém”, e perder a oportunidade de se emporcalhar mais um bocadinho, mandando pro Céu mais esta linha para o arremedo de currículo espiritual que você tem construído, sendo o arremedo de crente que você tem sido. “Ah, ainda bem que isso não é comigo”, pode ser que haja quem assim pense se trata-se este/a dum que nunca pisou nem pensa pisar os pés numa igreja. Errado! Se isto tiver ocorrendo. A pancada, ainda que, muito justo, justo não, justíssimo já que a um é dado saber mais do que o outro, vai doer um tanto mais no nariz dum que do outro, mas é dada no pau da venta tanto dum quanto do outro:

(...)E o servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites;
Mas o que a não soube, e fez coisas dignas de açoites, com poucos açoites será castigado. E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá.
Lucas 12:47,48.

Ah, mais na minha venta vai doer menos que na venta dele/a, você pode insistir. Sim, vai sim. Mas a quentura seja tanto no lombo do que vai sentir mais quanto no do que vai sentir menos, vai ocorrer na mesma praia, ou, desculpa, quis dizer, no mesmo inferno. Não se iluda.

Mas não é do a quem ainda não foi dado a saber do conhecimento acerca do que representou aquele sacrifício naquela cruz que eu vim falar. Como não vim apenas a você, meu irmão, minha irmã, que tem estado tão fraco/a e desobediente pelo pouco ou nada que lhe tem sido ensinado. Eu vim mandado a falar, principalmente, a você. Que perdeu a noção do perigo e a quem foi dado um dever para com a Noiva d’Ele mas que, num flagrante desmazelo tanto para com a Igreja, a negligenciando, quanto à que consequências isto pode levar a sofrer a sua própria alma, e ainda assim vem não só idolatrando e se permitindo idolatrar, ou se prostituindo com a política partidária, com os negócios fraudulentos, com a desgraça do dinheiro – quando se vem fazendo dele, do dinheiro, o seu senhor, e ainda adulterando descaradamente não só a conduta cristã que diz professar e a sua vida pessoal com sua esposa ou marido, mas fundamentalmente a Mensagem da sã doutrina. Como Jesus Cristo tem tanto vindo a mim e me dito nos sonhos e visões que tem me dado, como fez, vendo o pouco ou nada que tenho feito acerca do que Ele tem me revelado (entregar aos que interessa as mensagens) num dos últimos desses dias, o que me reportou ao profeta Oseias.

Sonho

Eis que alguém que tinha sido contratado estava cuidando muito mal da minha avó - in-memoriam. Ali sendo ela uma senhora já bem velinha. Na verdade eu o flagro a maltratando. E aquilo me causa uma revolta muito grande. Me deixando fora de mim, tamanho a minha revolta; noutro momento eu vejo uma vasilha de mão com uma comida dentro que eu sabia ser o almoço dum casal que estava por ali. Nessa hora noto uma mulher NUA dentro da vasilha da comida (a quem conheço e a qual diz ser crente mas que é muito fria para com sua vida devocional para com Deus; além de que, sem temor nenhum do Senhor, já traiu o esposo, que não é crente); ali sei que ela tem um envolvimento sexual com aquele casal, a quem pertence a comida. E ponto.

O profeta Oseias, se o/a nobre se lembra, ou se não sabe, é o mesmo a quem Deus usou mandando que casasse (Oseias 1-2-3) com uma mulher adultera; com quem teria filhos e por quem ele se apaixonaria, mas que, ao flagrar a amada nos braços de outro homem, se revoltou e sofreu da exata forma que Deus queria que acontecesse, para que ele, o profeta, sentindo o que Deus estava sentindo com a traição do Seu povo, Israel, que estava adorando a deuses estranhos, “fosse pra cima” e fizesse tal e qual, Deus queria que ele fizesse: entregasse as profecias como que falando com o ventre.

A revelação

Minha avó representa a igreja – que não é mais nova e na situação indica que está em vias de subir; o cuidador representa os que estão adulterando a mensagem; maltratando a Igreja; eu ali (salvando a devida proporção) represento o profeta Oseias, a quem o Senhor, assim como fez ao profeta, quis me fazer sentir a dor que Ele vem sentindo com o tratamento que essas pessoas vem dando ao povo d’Ele. E a mulher nua dentro da vasilha da comida, GRITA de que há ADULTÉRIO NO ALIMENTO. E que isto é o que vem fazendo o crente que muito se tem visto nos últimos tempos: frio e sem temor.

Um dia, coisa de uma semanas depois da minha conversão, uma senhora, a irmã Andreia Barbur, olhou pra mim e disparou: “Atalaia de Jesus!”. Era uma profecia e eu, e quem sabe também ela, não sabia. Na verdade, na hora fiquei com cara de paisagem pois não sabia o que queria dizer o termo naqueles termos, mas depois, ao pesquisar sobre, me caiu a ficha uma vez que me lembrei que, dois ou três dias antes de me converter falei que quando me convertesse eu queria ser ao menos porteiro da igreja, mas que eu queria fazer alguma coisa na obra. E Deus me agraciou com esse posto de tamanha envergadura e complexidade. E quando me converti o primeiro profeta que li na Bíblia, foi e x a t a m e n t e Ezequiel. Para ser mais preciso, ao folheá-la, abri justamente no capítulo 03, e me deparei com a seguinte mensagem:

(...)Filho do homem: Eu te dei por atalaia sobre a casa de Israel; e tu da minha boca ouvirás a palavra e avisá-los-ás da minha parte.

Quando eu disser ao ímpio: Certamente morrerás; e tu não o avisares, nem falares para avisar o ímpio acerca do seu mau caminho, para salvar a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua iniquidade, mas o seu sangue, da tua mão o requererei.

Mas, se avisares ao ímpio, e ele não se converter da sua impiedade e do seu mau caminho, ele morrerá na sua iniquidade, mas tu livraste a tua alma. Ezequiel 3:17-19.

E como eu não sou tolo, estou aqui te anunciando o que da parte d’Ele tenho recebido. Creia você ou não.

Mas você deve estar ainda com a palavra Adultério martelando na sua cabeça, já que te agucei o miolo sobre este ponto e o/a nobre, como muito ou pouco deve pode ter a ver, ou quase em vias de vir a ter tudo a ver com a questão, e sabedor/a que é de que Deus tudo sabe – Jeremias 23;24, lembra, está curioso/a sobre o que mais vai sair aqui acerca disso. Como se ainda precisasse. Mas vamos lá:

Semelhantemente, quando o justo se desviar da sua justiça, e cometer a iniquidade, e eu puser diante dele um tropeço, ele morrerá: porque tu não o avisaste, no seu pecado morrerá; e suas justiças, que tiver praticado, não serão lembradas, mas o seu sangue, da tua mão o requererei. Ezequiel 3:20.

Mas eu também não sou santo não. Deixa eu registrar isto aqui. Quem sabe isso pode te consolar. Inclusive noite dessas, depois de orar a Ele pedindo que falasse sobre mim acerca de determinada situação, Ele me pôs, entre outras passagens no sonho, preparando uma mesa pra jogar baralho com uns amigos. E o que Ele me diz disso, é que ainda há algumas tranqueiras do velho homem dentro de mim. Como? Não vê assim diferença de mim pra você? Será? Assim que recebi a revelação do sonho corri e fui “pro joelho” pedir-Lhe misericórdia para que eu consiga me livrar do que ainda haja em mim que venha a desagradar-Lhe. E reconheço que sou um homem carnal, pecador, não com sussurros – ou tentando me esconder debaixo da cama, mas com ESSE GRITO. Faz tú assim? Faz?  A L E L U I A! Então somos mesmo iguais. Portanto oremos mais por nós e pelos que precisam dum espelho.

Bem, deixa eu seguir.

Além de que eu meu dever de apitar a trombeta está sendo feito, o que mais poderia matar sua curiosidade sobre sua responsabilidade e consequências do que (...)quando o justo se desviar da sua justiça, e cometer a iniquidade, e eu puser diante dele um tropeço, ele morrerá; E de que tenha você feito o que tiver feito, por anos a fio na igreja, se der para trás, sobretudo pondo em perigo as ovelhas d’Ele, de nada te adiantará teu trabalho? Ou você acha que Mateus 7; 22, 23 é uma fabula?

Espera, calma aê: como ainda bem que você não é desses/as que fazem tais coisas, se você as vê sendo feita bem embaixo do seu nariz e nada faz nem nada diz?  Pois eu tenho uma péssima notícia pra você, já que o/a amigo/a está lendo o texto deveras distraído: volta um pouco e dá outra lida: (...)Quando eu disser ao ímpio: Certamente morrerás; e tu não o avisares, nem falares para avisar o ímpio acerca do seu mau caminho, para salvar a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua iniquidade, mas o seu sangue, da tua mão o requererei. Ou você acha que a qualquer de nós será dado o direito de ser tratado como inocente, se prevaricarmos?

Mas, trazendo pra baixo, pro chão, a questão, em termos você até que tem razão, do ponto de vista de que o/a nobre não é 'dado à vinho', quer dizer, à bebedeira, ou, desculpa, à folia. Ops, folia? Aleluia: é ‘doje’ que tô aqui tentando me lembrar o que foi mesmo que eu vim fazer aqui. Mas enfim me lembrei. Foi isso: já que, assim como só tem inocente, e é todo mundo de carne e osso, e que o tempo é de “folia”, a ideia era só sugerir meditarmos, e meditarmos MUITO, no que está dito no livro desse profeta:

(...)Esconder-se-ia alguém em esconderijos, de modo que eu não o veja? diz o Senhor. Porventura não encho eu os céus e a terra? diz o Senhor. Jeremias 23:24.

Bem lembrado, né não? Nesses dias então, vai que o capeta atenta...

Aos demais, voltando paras as coisas de cima, como na porta da Gloria não passa ninguém abraçado, a sugestão é:

(...)Examinai tudo. Retende o bem. l Tessalonicenses 5:21.

Shalom.

Antonio Franco Nogueira - a serviço do Reino eterno.

AQUI mais textos do autor.

Antonio Franco Nogueira - a serviço do Reino eterno
Antonio Franco Nogueira - a serviço do Reino eterno

 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br