Galeria de fotos

Não perca!!

Antonio Franco Nogueira

Entende agora o porquê do pijama?  Entende agora o porquê do exercício que te mandei fazer? Mas deixe pra matutar geral depois que eu te explicar onde está a relação de você com o megaempresário e o megacorredor (Foto ilustração, Google)
Entende agora o porquê do pijama? Entende agora o porquê do exercício que te mandei fazer? Mas deixe pra matutar geral depois que eu te explicar onde está a relação de você com o megaempresário e o megacorredor (Foto ilustração, Google)

Não me importa se você entortar a boca, zombar ou até mesmo, ao me encontrar na rua, cuspir na minha cara pelo que vou te dizer nesse texto. Mais, se isso acontecer, vou me sentir feliz por estar sendo chicanado por amor Àquele que me mandou vir aqui falar com você. Na verdade falar não, mas te avisar do perigo que você está correndo.

Antes, aqui me lembrando, para te intrigar um pouco, quero registrar sobre que uma garota, pré-adolescente, Vitória Barbur, de apenas 13 anos, ao me encontrar me disse que havia lido um desses textos. E vendo sua pouca idade para interesse por ‘esse tipo de leitura’, lhe perguntei se havia lido todo – por que sei que são grandes. Ao que ela me respondeu que sim, porque “você prende”, ela disse. Ela se referia a que a disposição das palavras torna quem lê um prisioneiro da leitura. Mas o que deve lhe chamar a atenção, como chamou a minha, é o fato de que uma pessoa tão jovem assim tenha despertado interesse por um assunto 'tão adulto' como este. Enquanto outros “de barba na cara” despreza.

Bem, sobre o pijama, eu não sei se você usa ou se um dia usou um. Mas sei que ao menos você sabe que as pessoas os usa. Aliás, lembra do famoso corredor de Fórmula 1, o alemão Michael Schumacher? Pois é, ainda hoje vi uma foto dele deitado numa cama vestido no que muito me pareceu um pijama. O detalhe é que, pelo seu estado de saúde, que nem fala nem anda ainda em decorrência do acidente que sofreu enquanto esquiava há dois ou três anos, alguém e não ele o vestiu com a peça de roupa do cotidiano de tanta gente mas que tão descriminada, coitada. Discriminação que, pelo contexto do texto, até com razão. Outro que certamente foi pego de pijama, quer dizer, que sem dúvida usou pijama ao menos por um certo tempo foi o megaempresário da tecnologia, fundador da Apple, e um dos homens mais ricos do mundo, Esteve Jobs.

Mas deixa esses caras pra lá, que eu vim aqui pra falar foi sobre você.

Então a você a pergunta é se você já ouviu falar sobre uns certos apóstolos, todos perversamente assassinados por pregarem o evangelho de Jesus, a saber, Paulo, Pedro, Mateus, Lucas, Tiago, entre outros, e se sabe de algum historiador que diga que algum deles foi um dia pego de pijama naquela época. Não? Era de se esperar, por que não há mesmo registro algum que aponte isso. Muito menos que dormiam de touca. E muito pelo contrário. Isto posto, peço agora que rememore de algum momento em que você se viu pego/a de surpresa em alguma situação pra lá de desagradável e retroceda à exata época e veja como se comporta seu coração. Muito mal, não é?

Pois é, aqui fico a imaginar você agora se perguntando o que os apóstolos citados acima tem a ver com Michael Schumacher e com Esteve Jobs, e o que eles todos tem a ver com você, assim como com o exercício que te mandei fazer. O que seria muito natural. E mais natural você verá que é a medida que for terminando a leitura do texto.

Então vamos lá.

Eu não sei se você é uma pessoa orgulhosa por ser abastada economicamente ou se é rica apenas de orgulho, soberba, ignorância, teimosia e coisas que os valha, mesmo sem ter um tostão furado no bolso. E assim, se enquadrando onde quer que se enquadre, se se entende dono/a de si, então um dos desses tolamente "autossuficientes" da vida. E se for este o seu caso, ou não, antes de continuarmos peço que leia atentamente o trecho bíblico imediatamente à baixo, seja por você seja para avisar alguém a quem você entenda caber o alerta. Só não esqueça que estou aqui a mando do Dono do poder, que zela por você. Portanto não despreze uma só palavra dessa leitura.

Não à toa, num tempo em que parei de escrever e me vi meio estranho espiritualmente – como que por consequência da parada que dei, ainda que por poucos dias, em resposta a uma oração que Lhe fiz perguntando o que eu tinha que fazer para que Ele me fortalecesse novamente, num sonho na mesma noite Ele me põe numa máquina de datilografia, datilografando um texto. E ao acordar Ele me dá o enigma como: “Volta a escrever como antes!”. Logo, essas mensagens devem estar entrando no coração de algumas almas além doutras quais Ele certamente faz muita questão. Quem sabe a sua.

(...)Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas roupas, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas.

16 E os congregaram no lugar que em hebreu se chama Armagedom.

17 E o sétimo anjo derramou a sua taça no ar, e saiu grande voz do templo do céu, do trono, dizendo: Está feito.

18 E houve vozes, e trovões, e relâmpagos, e houve um grande terremoto, como nunca houve desde que há homens sobre a terra; tal foi este tão grande terremoto.

19 E a grande cidade fendeu-se em três partes, e as cidades das nações caíram; e da grande babilônia se lembrou Deus, para lhe dar o cálice do vinho da indignação da sua ira.

20 E toda a ilha fugiu; e os montes não se acharam.

21 E sobre os homens caiu do céu uma grande saraiva, pedras do peso de um talento; e os homens blasfemaram de Deus por causa da praga da saraiva; porque a sua praga era mui grande.
Apocalipse 16; 15 a 21.

A passagem bíblica que você vê aí acima trata-se da visão que Jesus deu ao apostolo João, falando que no Seu retorno a este mundo, para buscar Seu povo, Ele virá “como um ladrão”, ou seja, de surpresa, e que vai ser TERRÍVEL para os que estiverem de fora. E o nu a que Ele se refere, assim como a ‘suas vergonhas’, nada diz de roupas ou nudez literais, mas da imprudência e desonra publica a que não devemos nos permitir ser pegos quando da Sua volta ante  Seu juízo. Antes estejamos revestidos Nele para que sejamos, ao invés de envergonhados, honrados.

Entende agora o porquê do pijama?  Entende agora o porquê do exercício que te mandei fazer um pouco mais acima? Mas deixe pra matutar geral depois que eu te explicar onde está a relação de você com o megaempresário e o megacorredor, assim como com os apóstolos:

Sobre os apóstolos não serem pegos de pijama, e muito menos dormindo de touca, ainda que foram presos e assassinados, você, quem sabe, já deve ter ouvido falar sobre que tudo se deu sem que nenhum deles, absolutamente nenhum deles, conforme os registros, recuassem na sua fé mesmo diante da morte. E assim se deu, é bom se refletir, se você crê que a Bíblia é um composto de livros inspirados por Deus, por que, vendo que Jesus havia mesmo ressuscitado (Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro da semana, e cerradas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus, e pôs-se no meio, e disse-lhes: Paz seja convosco. E, dizendo isto, mostrou-lhes as suas mãos e o lado. De sorte que os discípulos se alegraram, vendo o Senhor. João 20:19,20). Isto por que, vendo o que viram, tinham todos a certeza da prometida ressurreição. Doutra forma não haveria razão de morrerem daquela forma se fosse por uma mentira, ou ainda uma incerteza. Assim, não foram mesmo surpreendidos nos seus jardins vestidos 'de pijama'. Logo não atingidos por nenhuma vergonha. Vá pondo esse tanto aí num canto do seu coração.

O que não se deu com o falecido Esteve Jobs, que, mesmo criado por luteranos, por ‘contrariedades’ com Deus aos 13 anos teria abandonado o cristianismo e se convertido ao budismo, exprimindo à partir de um tempo sua ‘fé’ nas drogas, a que, pasme, creditava sua inspiração para criar seus projetos que, tendo desde então empregado todas as suas forças neles, lhe enriqueceram absurdamente mas que não foram, nem todo seu dinheiro, assim como não terá sido para salvar sua alma, também não suficiente para parar o câncer que lhe tirou da vida sem considerar que se tratava ele dum gênio e daí. (“Às vezes, a vida vai te acertar um tijolo na cabeça. Não perca a fé. Eu estou convencido de que a única coisa que me fez seguir em frente era que eu amava o que fazia.” Frase de Jobs, que só não fez o que devia. Enquanto pode.

O mesmo, se não houver uma intervenção divina, pode se dar, segundo os médicos, que dizem que sua morte “e uma questão de tempo”, com Michael Schumacher, ainda detentor duma fortuna avaliada em 700 milhões de euros (cerca de 3 bilhões de reais), tendo já gasto R$ 60 milhões na tentativa de se recuperar mas que sem nenhum sucesso até agora, três anos depois do acidente, e pode vir a ser mais um a ter sido "pego de pijama". De fé católica, Schumacher, no auge da sua saúde, foi um homem caridoso, mas caridade não salva sem que se tenha confessado a Jesus Cristo como seu Único e suficiente Salvador.

(...)Que aproveita a imagem de escultura, depois que a esculpiu o seu artífice? Ela é imagem de fundição que ensina mentira, para que quem a formou confie na sua obra, fazendo ídolos mudos?

Ai daquele que diz ao pau: Acorda! e à pedra muda: Desperta! Pode isso ensinar? Eis que está coberta de ouro e de prata, mas dentro dela não há espírito algum
. Habacuque 2:18,19

(...)Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14;6.

Assim, a relação entre você e todos os demais citados acima está em que um foi, outros, pela fé e testemunho, não foram, o outro pode estar pra ser, mas o que eu não quero, muito menos Jeová quer, é que pela falta de fé, pelo testemunho contrário, não seja você mais um a ser 'pego de pijama'. Que no caso aqui, não terá trazido o flagrado a apenas um constrangimentozinho, como na analogia que usei para te atrair à realidade, mas à condenação da sua alma por ter recusado a Seu filho. Por ter desprezado o sacrifício que Ele fez naquela cruz por você e por mim. Que, se você não sabe, uma vez morto sem Ele, o juízo d’Ele sobre o sujeito será inevitável. Já ao que se rende e leva a saber a outros acerca da sua graça, o destino será bem diferente.

(...)Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno. Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos conduzirem à justiça, como as estrelas, sempre e eternamente. Daniel 12; 2 e 3.

Sem falar ainda no acidente aéreo que matou uma delegação inteira do futebol brasileiro, num total de 76 pessoas na Colômbia, esta semana, Estive Jobs e Michael Schumacher não tinham entre seus planos, um ter aquele câncer avassalador no auge do seu sucesso empresarial e financeiro, e o outro também não de sofrer aquele acidente que pode lhe tirar da vida sem que seu dinheiro de nada lhe valha, mas certamente que tanto um quanto o outro diziam coisas do tipo “amanhã vou fazer isso ou aquilo”, sem levar em conta que, assim como também não a mim nem a você, o amanhã não nos pertence. E como morto não pode dizer algo como “espera, deixa eu voltar que eu esqueci de falar umas palavras com uma Pessoa”, se trata-se o/a amigo/ duma criatura minimamente inteligente, sabendo você que sai mas NÃO sabe se volta ou não para casa, veja se não é bem razoável arrancar a touca e o pijama e por uma vestimenta mais adequada, de preferência de linho puro, finíssimo e branco, enquanto há tempo?

(...)E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos
. Apocalipse 19:8.

Mas, calma que a mensagem nada diz de literal acerca de roupa, mas de mudança de conduta; de regeneração; de arrependimento de pecados e de tornar-se nova criatura em Jesus Cristo. Com novos pensamentos, sentimentos e interesses. Lembrado, em tempo, que a imagem que peguei emprestado para, muito oportuna e apropriadamente ilustrar o texto, em muito diz sobre que, até ter esse encontro com essa Verdade, com nosso Salvador, que promete “tornar branco todos os nossos pecados” (Isaías 1;17,18) tenham estes a negrura que tiverem, posto que ao nos rendermos a Ele todos nós temos escondido uma pilha de abominações, na hora do encontro com a Verdade no Dia do Juízo não nos será, jamais, possível esconder ou nos fazermos de desentendidos. Como também não é possível agora, posto o desposto nas sagradas Escrituras:

(...)Esconder-se-ia alguém em esconderijos, de modo que eu não o veja? diz o Senhor. Porventura não encho eu os céus e a terra? diz o Senhor. Jeremias 23:24.

Assim, juízo: se não quer ser "pego de pijama", corre ali num cantinho, ajoelha e diz a Ele que ‘deu pra você', vai...

Shalom.

Bíblia online.

Antonio Franco Nogueira - a serviço do Reino eterno.

AQUI mais textos do autor.

Antonio Franco Nogueira - a serviço do Reino eterno
Antonio Franco Nogueira - a serviço do Reino eterno

 
Banner
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br