Galeria de Fotos

Não perca!!

Antonio Franco Nogueira

E aquele que estava assentado sobre a nuvem meteu a sua foice à terra, e a terra foi segada. Apocalipse - 14:16
E aquele que estava assentado sobre a nuvem meteu a sua foice à terra, e a terra foi segada. Apocalipse - 14:16

Olha, vou te dizer uma coisa, e acredite: você é uma pessoa privilegiada. E sabe por quê? Por que você chegou até aqui. E isso não foi por obra de 'acasos'. E ao concluir essa leitura você irá perceber que sim, e dirá a si mesmo/a: Sim: eu sou mesmo uma pessoa muito especial para Deus.

Isto posto, o que eu vim aqui para te dizer, aliás, uma das razões pelas quais estou aqui e você aí, é para que saiba que jamais soube, ou se soube jamais me recordei, das nuvens como sinal de Deus na relação com os seus escolhidos, quando, do nada, vi que o Criador ouviu meu pedido para que conversássemos através delas. Sim: Ele, afora os sonhos e visões que tem me dado, vem a mim através das nuvens. Na verdade de uma nuvem de cada vez, sempre, ou quase sempre, que eu me dirijo a Ele pedindo algum sinal em resposta a algo. É sobrenatural, eu sei, mas é assim que tem acontecido. Isso aconteceu pela primeira vez em Monte Gordo, há alguns meses, quando me encontrava embaixo duma determinada árvore – a saber, uma jaqueira, a qual é reportada no texto “A que pode nos reportar uns pés assim...”.

E daqui me ocorre que você deve está se perguntando: “Sim, e daí, onde que isso me faz especial?”. Daí que algum tempo depois de isso começar a acontecer, passando eu pelo livro de Números, no capitulo 12, onde Ele, o Criador, vem a Moisés, Arão e Miriã, numa nuvem, tive um choque. Leve, claro - afinal tratava-se de Moisés, e não dum orêa-seca, feito eu. Mas mesmo que leve, tive um choque. Entretanto, não dá pra dizer que o mesmo, o choque leve, aconteceu quando me deparei com algumas outras passagens, onde O Senhor, por sua infinita misericórdia, desde sempre, seja de forma literal ou em citações analógicas, vem aos Seus através de nuvens. Como se vê em 105 citações nas Escrituras, de Êxodo a Apocalipse, a exemplo de em Êxodo 13;21, Levítico 16;2, Número 12;5, Deuteronômio 31;15, Isaías 44;22, Ezequiel 32;7, Mateus 17;5, Lucas 9;34, Atos 1;9, Apocalipse 14;16. Então conclui mais seguro: é mesmo meu Senhor.

Mas, e você, onde entra?

Antes, com licença:

(...)E o SENHOR ia adiante deles, de dia numa coluna de nuvem para os guiar pelo caminho, e de noite numa coluna de fogo para os iluminar, para que caminhassem de dia e de noite. Êxodo - 13:21

E aquele que estava assentado sobre a nuvem meteu a sua foice à terra, e a terra foi segada.
Apocalipse - 14:16.

Agora sim.

Entra aqui: sabe aqueles momentos em que a gente, ao conversar com uma pessoa que não está prestando atenção no que estamos falando, que nos leva a dar uma cutucada nelas para que nos ouçam? Pois é...

Entre noutros momentos mais abaixo - e como logo saberá de qual forma, grave isto, elas, as nuvens, e você podem estar mais intrinsecamente envolvidas do que possa imaginar, entra também em que talvez não seja do seu conhecimento que mesmo a ciência sabendo que as nuvens são formadas de gotículas, quase que imperceptíveis, d’água e de partículas de gelo cristalizado, ela, a ciência, não sabe dizer sobre outros porquês que vêm se manifestando “via nuvens”, e que tem tudo a ver com você e comigo. Como logo saberá. Da mesma forma que a sabe-tudo, quer dizer, a ciência, não explica também como o bater das asas duma borboleta no Brasil pode determinar o surgimento dum tornado nos Estados Unidos. É! Veja o que diz ela acerca disto: “O bater de asas de uma borboleta no Brasil pode despertar um tornado no Texas”. Conforme frase de Edward Lorenz, um dos que não duvidam que o Caos vem a galope. E ele é um cientista meteorologista e matemático. Se estiver certo, o que não deve ser o bater das assas propriamente dito a que dever querer se referir, mas o comportamento do tal inseto, ou outro mistério à nós encoberto - como em Deuteronômio 29;29, para os que dizem que somos nós, a humanidade, uma ‘obra do acaso’, tratar-se-ia aí, para os tais, duma tremenda dor-de-cabeça. Ou não???

É como diz certo pregador acerca doutra dor-de-cabeça, para os que dizem de também termos “evoluído do macaco”, quando ele chegou a determinado zoológico e, diante dum monte deles, que faziam suas macaquices de dentro de suas jaulas, perguntou: “Vem cá: se nós (a humanidade) evoluímos de vocês, o que cargas-d’água vocês ainda estão fazendo aí?”. E agora???

Bem, voltando a você, na verdade a todos nós, sobre as nuvens, antes quero te pedir que, aqui torcendo que agora, no momento em que lê ele esteja limpo, e seja dia – mas se for noite faça isso ao amanhecer, pare aqui a leitura, vá até a janela e olhe para o céu e veja se elas estão na altura costumeira de sempre. Tipo a alguns anos atrás, que as víamos bem lá no alto. Depois volte que te espero...

...Viu? Estão quase ao alcance das mãos. É de assombrar, vamos combinar. E isto não me veio de minha própria percepção. Creia nisso. Além de que tudo o que apurei sobre a questão, eu, até ali, assim como você, também um distraído, o fiz depois de ter sido divinamente alertado. Inclusive, no segundo momento desse alerta eu estava dentro do carro, com minha esposa, um dos meus filhos, e uma missionária, Fátima Veloso, o que levou todos a também sentirem como a um choque.

Agora, antes que você diga que “é assim mesmo; que há tantos casos de nuvens que aparecem quase nas cabeças das pessoas, preciso lhe dizer que não. Não é assim mesmo não. Uma nuvem aparecer ‘no chão’ por uma "casualidade" meteorológicas é uma coisa – isolada, mas, além de você está vendo conjuntos e conjuntos delas a essa altura, e aqui eu não quero que se apavore, mas apenas reflita, medite nessas palavras da PRÓPRIA ciência a esse respeito – mas busque não entender o “mais baixas” como o baixas a esse nível nunca visto - o que aponta mais misericórdia do Criador para com a sua criação, sobretudo se avaliar que a NASA, companhia de pesquisas espaciais americana, que, preocupada, está debruçada sobre esse acontecimento, diz a esse respeito: “(...)Nuvens mais baixas ajudam a resfriar a temperatura do planeta podendo compensar parte do aquecimento global”. O problema é como a matéria é fechada: “(...)Porém, ainda há algo intrigante que os cientistas não conseguem explicar: o motivo da altitude das nuvens estarem abaixando.

E, quer saber, até quecurtindo isso de falar sobre esse assunto. Sobretudo por que quero deixar aqui registrado uma pergunta para os “militantes da ciência”: bem, de maneira bem simples, como sabemos a ciência há tempo brinca de fazer chover com seus foguetinhos. Já que se sabe que, composta de partículas de água ou, e, gelo, quando carregada – aliás, outra questão é como explicar como algo em que pode se passar dum lado para outro sem que nada de barreira se encontre pode acondicionar toneladas e mais toneladas de litros d’água. Agora a questão é: já que “fazem chover” como que para confirmar que são mesmo os reis-da-cocada-preta, como não tentaram ainda fazer uma nuvem dessas ‘parar’ um kanekin d’água que seja, jogada lá por eles, os reis do conhecimento e da tecnologia?

Desculpa, foi só pra provocar um pouco.

Mas, vamos lá. Para tampar a panela - na verdade a panela cheia de interrogações que tem no fogo a toda poderosa ciência, pelo cientista da NASA, o pesquisador Roger Davies, no site http://hypescience.com, o que 'chancela' que o que a mim foi observado faz todo sentido também no quesito tempo, que disse que, “por enquanto, o registro é muito curto para ser definitivo, e fornece um indício de que algo de muito importante pode estar acontecendo”. E afirma ainda que: “Nós não sabemos exatamente o que faz com que as alturas das nuvens diminuam”, o caso é que, como eu disse acima, não fui alertado a observar o quão as nuvens, instrumento qual O Senhor sempre usou para falar com seu povo, estão tão estranhas, não me foi mostrado por outro que não pelo Espírito Santo d’Ele. Quer você acredite ou não. Pois Ele sabia que eu viria aqui lhe avisar quanto a isso. E é aqui que você entra.

Aliás, lembra do trecho sobre o amigo que não presta atenção sobre o que estamos falando, onde temos que dar-lhes uma cutucada para lhes chamar atenção? E lembra também de eu ter lhe dito que se trata você duma pessoa muito especial para Ele? Pois e, será que não se trata aqui, com essas nuvens tão pertinho assim, de Deus tentando nos cutucar para chamar nossa atenção sobre algum extraordinário acontecimento também - como bem observou o cientista?!!!

Agora, como as Escrituras diz que nem um jota ou til da palavra de Deus jamais passará sem que toda ela se cumpra, me responde uma coisa: quente o sol? E as noites, tem feito muito calor?

Bíblia

E a luz da lua será como a luz do sol, e a luz do sol sete vezes maior, como a luz de sete dias, no dia em que o Senhor ligar a quebradura do seu povo, e curar a chaga da sua ferida. Isaías 30:26

Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém
. Apocalipse 1:7.

Vá pensando aí...

Antonio Franco Nogueira – a serviço do Reino eterno.

Veja também:

Antonio Franco Nogueira “A que pode nos reportar uns pés assim?”

AQUI mais textos do autor.

Antonio Franco Nogueira – a serviço do Reino eterno.
Antonio Franco Nogueira – a serviço do Reino eterno.

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br