Galeria de Fotos

Não perca!!

Antonio Franco Nogueira

Profeta Habacuque
Profeta Habacuque

A pregação era sobre o profeta Habacuque. No capitulo três do livro, vê-se o profeta orando, clamando a Deus, pelo povo. Achando ele, o profeta, que pelo movimento das águas que via na sua Visão a ira de Deus seria contra os rios e contra o mar e não contra aquela gente. Mas apercebido por Deus de que o problema estava era no pecado do povo, clamou pedindo que houvesse um avivamento na ‘igreja’ e uma conseguinte mudança do quadro: Ouvi, Senhor, a tua palavra, e temi; aviva, ó Senhor, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia, apela o profeta, no versículo 2. Porem ao final do capitulo o profeta fecha conclamando o povo a ser agradecido e a honrar a Deus, sendo abastado ou sofrendo faltas.

No culto, às vezes apenas um bate-papo sobre Deus – sempre o reverenciando e o adorando, que acontece na minha casa entre apenas eu e minha esposa, quase todos os dias, nesse dia contávamos com a presença de duas jovens crentes, uma de 15 e outra de 22 anos. Então resolvemos não ler a bíblia, mas assistir uma pregação na internet. Antes, porem, lemos Zacarias, 13; 7 a 9, onde discorri um pouco sobre que Deus purificará os d’Ele, passando pelo ‘fogo’, tirando as impurezas, como se faz quando se quer purificar o ouro, e alerta para que tenhamos o coração sempre cheio d’Ele, para não ficarmos para trás, como as 5 virgens loucas, conforme visto em Mateus 25 de 1 a 13, numa alusão a que o Criador não levará para junto d’Ele os que se portam, na Sua presença, de qualquer jeito. Mas apenas os que dão genuíno testemunho d’Ele.

Durou uma hora a mensagem passada pelo pastor Gilmar Fiuza (Youtube). Que veio a dar no mesmo lugar donde, comandado pelo Espírito Santo, iniciei a palavra aquela noite, que remonta a que o povo precioso – que é como chama os que escolhem ao Senhor para comandante de suas vidas, o profeta David Owuor (pesquise sobre esse homem) deve buscar se santificar e se santificar e se santificar, para não ficar! - E por todo o tempo eu orava para que, assim como fez comigo há alguns meses, no mesmo lugar onde nos encontrávamos naquele momento, o Espírito Santo batizasse aquelas jovens. Mas diante do quadro de relativa frieza, que pode ser entendido como uma indigesta falta de fé e a devida reverencia à presença do Criador, que se pode presenciar, o que não pouco me incomodava, pois estava diante de mim pessoas já batizadas nas águas há tempo, cedeiras e assíduas “na igreja”, até em mim, preciso registrar, o Espírito custou a se manifestar mesmo que com o computador sacudindo-se em cima da mesa, tamanha era a profundidade da mensagem pregada.

Mas não adiantou minhas orações de por durante quase todo o tempo. Dizia eu na oração: “Batiza, Senhor; se não for pela fé delas que seja pela minha”. Mas a coisa não funciona assim. Pois estamos falando de batismo pelo Espírito Santo.

Fui dormir. E na minha oração, sabedor que sou de que Deus, por sua infinita misericórdia, passou a falar comigo por sonhos e visões, peço ao Senhor que me diga o que aconteceu ali. E sonho. No sonho eu estou numa casa estranha a mim, e eis que entro num banheiro, onde encontro muita imundície: num canto do chão vejo algo nojento, melequento; e na pia vejo, além da aparência de que nunca havia sido lavada, num lado da bacia branca, na verdade, que parecia branca, algo meio marrom, e também algo avermelhado, como sangue que fora cuspido. Então penso em lavar aquilo. Só que não havia água (entenda a falta dessa ‘água’ como a ausência da Água Viva, o Espírito de Deus). Fico então ainda mais estarrecido com a imagem, porque o banheiro pertencia às filhas ADOLESCENTES da casa. Então, ao acordar, entendo tudo: era a resposta de Deus à meu pedido. E para tampar a panela, no dia seguinte, sou recordado pelo irmão em Cristo, evangelista Jutemberg, dum sonho que ele teve com uma das jovens, onde ela se permitia assediar por um jovem de corpo mui formoso, mas que com o rosto duma caveira.

Bíblia:

- Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido.

Aproximou-se, pois, de Simão Pedro, que lhe disse: Senhor, tu lavas-me os pés a mim?

Respondeu Jesus, e disse-lhe: O que eu faço não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois.

Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo. João 13:5-8”.

Não vou discorrer sobre tudo o que mais a passagem imediatamente acima quer dizer, que isso esticaria demais o texto; mas dizendo que também ali está embutido uma gritante mensagem de humildade extrema: Deus, que é santo, lavando os pés dos homens, pecadores, você precisa saber que aquele gesto representou que aqueles homens estavam, simbolicamente, sendo purificados - lavados de toda sorte de sentimento contrario a um candidato a santo, para que, dias mais a frente, depois da morte e ressurreição de Jesus, recebessem o Espírito Santo. Como se encontra escrito em Atos 2.

O contristado mas fiel Habacuque era um que, vendo o iminente castigo a ser despejado sobre aquelas tantas almas, sofria, perante o Senhor, em constantes e chorosas orações. Naquela situação, adultérios, roubos, assassinatos, falsidade na amizade e no comércio, traição entre as famílias, corrupção, idolatria a outros deuses, abominações mil contra o Senhor, como o abandono da Sua Palavra, inclusive O afrontando com a negação à sua existência, e do seu poder, era mais comum que ‘cabeça ter cabelo’, e x a t a m e n t e como acontece hoje. Não sei se você “percebe”... Mas Ele, que quer existir também nas suas escolhas, sempre estará pronto a ouvir tantos Habacuques quantos queriam se levantar. Desde que estes apelem por quem:

Bíblia:

- Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas;

Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo
; Filipenses 2:14,15.

Agora, claro que o que já sofreu aquele povo daqueles tempos, pela ira de Deus pelo desprezo às suas ordens, nada representa perante ao que sofrerá essa geração à qual pertencemos. Mais pecaminosa muitas e muitas vezes. E sabe com que base te digo isto? Com base no que gerou tanto pedido do profeta Habacuque sem que o Criador o atendesse, mesmo lhe permitindo ver e que sofresse tanto com o que via o profeta, conforme aqui:

- Até quando, Senhor, clamarei eu, e tu não me escutarás? Gritar-te-ei: Violência! e não salvarás?

Por que razão me mostras a iniqüidade, e me fazes ver a opressão? Pois que a destruição e a violência estão diante de mim, havendo também quem suscite a contenda e o litígio.

Por esta causa a lei se afrouxa, e a justiça nunca se manifesta; porque o ímpio cerca o justo, e a justiça se manifesta distorcida.
Habacuque 1:2-4

Entretanto, porem, todavia, uma vez você resolvendo recuar do seu pecado, assim como a minha oração de nada adiantou para que o Espírito de Deus descesse sobre aquelas moças, Ele, o Espírito Santo, é importante que se lembre, não habita nem jamais habitará em templos (corpos e almas) sujos. Procure, no mínimo – que Ele contempla; que isto está acontecendo comigo -, querer manter seu coração cheio de amor por Ele e pelo seu semelhante, de bondade, perdão, em obediência à Sua santa Voz, o que representa seu banheiro, ao invés de sujo, brilhando de limpo. Ou, de novo, não haverá “Habacuque” que resolva. Porque sujo não adianta tentar...

Fique na santa paz.

Livro de Habacuque

Antonio Franco Nogueira – a serviço do Reino eterno.

AQUI mais textos do autor.

Antonio Franco Nogueira – a serviço do Reino eterno.
Antonio Franco Nogueira – a serviço do Reino eterno.

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br