Galeria de fotos

Não perca!!

Antonio Franco Nogueira

Akiane uma criança norte-americana, 12 anos, que aos 8 anos pintou o rosto de quem foi Jesus
Akiane uma criança norte-americana, 12 anos, que aos 8 anos pintou o rosto de quem foi Jesus

Com dores pelo corpo, e nas costas mais que tudo, esses dias bem mais que no meu cotidiano, não tenho tido vontade de escrever. Até andei esboçando uma reação com o processador de texto aberto na tela, mas o incomodo andou me vencendo. E agora, neste momento, a coisa não se dá diferente. Mas como o tema me reporta às dores que Jesus sofreu para promover a redenção e salvação da minha e, se você quiser, também da sua alma, o que mais eu sentiria além de vergonha se me deixasse vencer também agora, já que a ideia do texto me ocorreu? Pois é.

Claro que você, se já andou lendo meus textos, e em caso de tratar-se dum que também acredita que todos e tudo somos obra duma tal explosão casual, vai se perguntar se eu não tenho mais o que fazer que falar desse tal de Deus em tudo que escrevo. O que seria natural. Afinal, o livre arbítrio o/a habilita a isto. Mas, na boa, de cá eu estou me coçando todo só para ver sua cara ao saber que é justo para você, que não acredita na existência desse tal Deus, que, encarando as dores – no corpo e não na alma – resolvi escrever. Por que não à toa o próprio Jesus um dia disse que o médico é para o doente, e não para o são.

E, antes que faça a pergunta, eu não sou nem evangélico (não era quando escrevi o texto) nem gosto de medico. Aliás, nem na igreja eu vou - não ia. E no médico só vou arrastado – e isto porque sou aleijado.

Isto posto, volto ao assunto que me trouxe aqui, que foi te perguntar por que tanta resistência em se render ao fato de que nem eu nem você somos órfãos de direção espiritual, se Ele, o Deus que nos fez – sim, que nos fez, em tudo o que você vê, grita a sua existência...? E não precisa temer que não vou tentar o impossível, te castigando com a leitura da relação elencada aqui, de todos os exemplos disto, de todo o universo e o que nele há. Pois, como disse, seria tentar fazer o impossível. E o impossível só não existe para Ele. Que, mesmo sabendo, com sua onisciência, que você o renegaria, te permitiu vir à vida.

Ou você, que não avalia que a moral e a consciência humana não são coisa de acasos, como pai ou mãe, com a capacidade de prever que o filho que estava para gerar, já que há, como de fato há, o bem e o mal, seria um tormento para toda a família, e para ele próprio, e também com o poder de interromper ou nem iniciar o processo de geração, faria igual? Pois é, aí estaríamos diante de algo impossível de fato.

Tenho visto, desde que nasci e me entendo como gente, exemplos gritantes, inclusive, em alguns casos, através de eventos singelos, como no de duas cenouras que nasceram abraçadas, reportando à imagem de exatas duas pessoas, com cabeça, tronco e membros – num indicativo inconteste de que o Criador da gente nos quer vivendo em harmonia, e crendo n'Ele, como escrevi em Abraço. Mas há tantos outros d'outra envergadura, como o universo - e seu exército de anjos (estude), e a máquina perfeita que é você, através dos quais o Autor da Vida diz da sua existência. Basta que cada indivíduo preste atenção.


E, saltando as crianças que, ainda na tenra idade, algumas de 2, 3, 4 ou 5 anos, cantam como nem os profissionais adultos jamais fizeram com o tripulo de suas idades; ou outras que resolvem complexos cálculos matemáticos, intrigando toda a comunidade científica; ou aquelas que até dão alua de boas maneiras a adultos, com seu comportamento natural e não do adquirido através da educação dada pelos pais, preciso que resolva a seguinte questão: como você explicaria Akiane Kramarik? Não sabe quem é? Eu te ajudo. Akiane é uma criança norte-americana, hoje com 12 anos, que aos quatro pintou seu primeiro quadro, a quem ela batizou de Anjo. Ela conta que na oportunidade acordou com um anjo no seu quarto, e ao amanhecer o pintou tal e qual o viu. E não esqueça que a menina tinha quatro anos apenas. Anota aí...

...Que aos oito ela pintou o rosto de quem foi Jesus. E sabe como aconteceu? Ela, que, conforme as imagens na reportagem televisiva sobre sua história que assisti, já pintou milhares de quadros, que, pela fama mundo afora, vende cada um pela bagatela em dólares equivalente a 200 mil reais, e já publicou dois livros, nem os pais sabem explicar de onde a filha tirou tamanho dom, eles que jamais tiveram qualquer relação com uma coisa chamada espiritualidade, nem leram sequer uma bíblia, totalmente céticos, assim como você – o que aponta que também na sua casa pode acontecer um milagre, conta que uma noite pediu a Deus – Aquele mesmo que você teima que não existe – que mostrasse a ela como era Jesus que ela queria pintá-lo. E foi dormir. E não sonhou.

Ao acordar alguém batia à porta da casa. Era o homem da imagem aí acima, que, recebido, lhe disse que seria ele o modelo. E, por acaso, ao ser perguntado qual sua profissão, respondeu que carpinteiro!!!

- Agora olha aí, pela casa, que numa dessas tuas gavetas deve ter remédio pra dor de cabeça...

Vídeo sobre Akiane AQUI!

Antonio Franco Nogueira - servo do Senhor!

AQUI mais textos do autor.

Clique aqui e siga-nos no Facebook.

Antonio Franco Nogueira
Antonio Franco Nogueira

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br